sábado, 22 de abril de 2017

Três vídeos que vale a pena ver (42): da islamização da Europa


1. Paul Joseph Watson: «Há 50 mil polícias armados nas ruas de Paris»; mas como é que isso permite acabar com o terror a longo prazo? Não permite, evidentemente! Gasta-se o dinheiro dos contribuintes franceses para nada, vão-se perdendo vidas europeias em atentados e o cancro islâmico continua a alastrar por toda a França!

O mais assustador é que mesmo a política defendida por Marine Le Pen, que é louvada pelo PJW neste vídeo, é manifestamente insuficiente... o fenómeno da "radicalização" dos muçulmanos não depende apenas do contexto sociocultural em que eles vivem, ele depende sobretudo da sua alienação face à sociedade ocidental a que são estranhos. É por isso que muitos dos terroristas que cometem atentados em solo ocidental já nasceram em solo ocidental. E é isso que leva ao número citado pelo PJW a partir dos 2m22s: cerca de um terço dos muçulmanos (33%) a estudar nas escolas francesas apoia o terrorismo islâmico!

A única solução definitiva para o terrorismo islâmico é interditar o Islão e expulsar todos os muçulmanos da Europa, bem como todos aqueles não-muçulmanos que os querem cá. Nada mais resultará. 50 mil polícias nas ruas de Paris só servem para adiar o inevitável.




2. Ex-muçulmano irado acusa a autarca de Paris e o governo francês de serem os grandes culpados pelas atrocidades islâmicas; estas imagens foram filmadas no dia seguinte ao mais recente atentado islâmico em Paris. O protagonista do vídeo chama-se Fareed, já foi muçulmano e só diz verdades. Aqueles que acreditam que a "islamofobia" é um conceito válido deviam vê-lo e ouvi-lo. Pode ser que aprendam alguma coisa, embora eu não tenha grande esperança...




3. E depois de um ex-muçulmano honesto, segue-se um muçulmano honesto! Já o protagonista deste vídeo é um muçulmano nasceu e cresceu nos arredores da cidade de Luton, a mesma onde cresceu o corajoso Tommy Robinson. Neste vídeo, ele é entrevistado por Paul Golding, o líder do partido cristão Britain First e diz abertamente várias coisas interessantes que, embora não sejam novidade, convém termos sempre bem presentes:
  • o objectivos dos muçulmanos é impor a Lei Chária na Grã-Bretanha;
  • os muçulmanos no Ocidente rejeitam a democracia e querem viver sob a sua própria lei;
  • os muçulmanos não vieram para o Ocidente para se submeterem, eles vieram para submeter o Ocidente ao Islão; ou, como diz o entrevistado aos 0m50s: «Nós viemos aqui para promover as nossas leis nos países dos outros»;
  • o entrevistado acredita que o Reino Unido acabará por se transformar num estado islâmico e trabalha activamente para que isso aconteça.

6 comentários:

João José Horta Nobre disse...

«A única solução definitiva para o terrorismo islâmico é interditar o Islão e expulsar todos os muçulmanos da Europa, bem como todos aqueles não-muçulmanos que os querem cá. Nada mais resultará. 50 mil polícias nas ruas de Paris só servem para adiar o inevitável.»

Como é óbvio... Eu próprio afirmo isso há anos. O Islão na Europa é uma autêntica "bomba-relógio" que inevitavelmente irá explodir mais dia, menos dia.

Afonso de Portugal disse...

Bons olhos o leiam, caro Mestre Nobre! :) Digo isto porque parece estar a ter uma semana difícil, a avaliar pela falta de novas postas no seu História Maximus!

O Islão é o que é, não há volta a dar... o grande problema são os seus enablers internos, como dizem os americanos, os nossos traidores! Esses são os nossos grandes inimigos. Mas primeiro temos de apontar para a merda de cão na calçada, depois para o cão que a deixou e só depois para o dono do cão... e a maioria dos europeus ainda não reconheceu que a merda (atentados) é deixada pelo cão (Islão), muito menos que há um dono do cão irresponsável (a superclasse globalista) que o quer levar a passear por toda a Europa!

Lura do Grilo disse...

Arriscam-se todos a uma fatwa

João José Horta Nobre disse...

«Digo isto porque parece estar a ter uma semana difícil, a avaliar pela falta de novas postas no seu História Maximus!»

Sim caro Afonso. Ando cansado do trabalho e em cima disto tudo, esta semana faleceu-me um familiar próximo. Nem para responder a comentários tenho tido tempo... Em princípio não voltarei a escrever antes de quarta ou quinta-feira. Simplesmente não há tempo e tenho de reorganizar as ideias.

Bilder disse...

Check https://redgreenalliance.com/2016/03/29/the-key-to-islamic-terror-its-all-about-muhammad/

Afonso de Portugal disse...

Lura do Grilo disse...
«Arriscam-se todos a uma fatwa»

Ehehe... eu nem sei como é que o PJW ainda não tem uma!


João José Horta Nobre disse...
«esta semana faleceu-me um familiar próximo.»

Nesse caso, as minhas sinceras condolências. Tendo passado por uma situação dessas recentemente, sei bem que a vontade de blogar fica reduzida a mínimos.


«Em princípio não voltarei a escrever antes de quarta ou quinta-feira. Simplesmente não há tempo e tenho de reorganizar as ideias. »

Tendo em conta as circunstâncias, o melhor é mesmo parar e recarregar as suas baterias. Conforme lhe tenho dito, o Mestre Nobre é dos melhores da nossa blogosfera, mas até os melhores precisam de se afastar de vez em quando, a bem da sua vida e da sua sanidade mental. Aguardaremos pacientemente o seu regresso!


Bilder disse...

Muito bom, caro Bilder! Há tanta informação interessante nesse link que dá para fazer várias postas! Obrigado!