quarta-feira, 5 de abril de 2017

A Hungria mostra ao mundo como lidar com o criminoso Soros


Em rigor, nenhuma instituição ligada a esse verme genocida devia ser legal! O choradinho hipócrita e impotente da Euronews mostra bem a importância da medida tomada pelo parlamento húngaro...



____________
Ver também:

Peitção contra o criminoso Soros e a sua agenda genocida para os povos da Europa
Criminoso Soros: «Trump é um vigarista e um aspirante a ditador!»
O criminoso Soros está a financiar a oposição às restrições à imigração impostas por Trump
Tomi Lahren: «George Soros e os seus peões do caos»
Curiosidades do reino animal

6 comentários:

CENSURADO AGAIN disse...

deixa eu adivinhar cadeira de maconha pseudociencias sociais

Afonso de Portugal disse...

Bruxo! Assim você vai tirar o lugar ao Caturo! :P

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger Afonso de Portugal disse...
Bruxo! Assim você vai tirar o lugar ao Caturo! :P

5 de abril de 2017 às 14:22

kk era tão obvia que ate o nosso mr galinaceo acertaria hehe

Afonso de Portugal disse...

"Nosso" não, seu! Você é que é da "ala" dele, não eu! :P

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger Afonso de Portugal disse...
"Nosso" não, seu! Você é que é da "ala" dele, não eu! :P

5 de abril de 2017 às 22:09

o nosso ja tinha aspas implicitas pois ele não nos aceita sequer como ala pra ele e o n somos agua e oleo estão mais perto de quem fingem combater que nós só o vasco que foi honesto ca e vc viu kk

Afonso de Portugal disse...

Mas nisso o Bruno tem toda tem razão, Caps! Ele ajudou o Lá Lá Cardo e celebrou o fim do TU! Isto nem sequer é água e óleo, isto é água e fogo! Ele próprio já disse no seu galinheiro que tem mais em comum com os comunas do que comigo e eu dou-lhe toda a razão! Eles são ambos merda autoritária e centralista, adeptos intransigentes da máxima "o povinho é burro, por isso quem manda aqui sou eu e o resto que se foda!".

O Vasco disse que, no fundo, todos querímos o mesmo, mas no caso do Bruno isso não é verdade. Ele quer Portugal partido ao meio, ou até em terços, o que faz dele objectivamente um traidor. Se fosse possível vender partes de Portugal a África em troca da preservação racial do Norte, o Bruno nem hesitaria! Além disso, ele quer um estado autoritário e repressivo, paradigma que eu rejeito veementemente. Não há consenso possível com um canalha destes!!!

A propósito, você disse uma coisa sobre o FireHead no seu Google+ que não é verdade. Ele e o Lá Lá Cardo davam-se relativamente bem nos primeiros tempos porque ainda não se conheciam bem. E como eram dois portugueses em Macau, havia uma certa afinidade. O comentário que o Fire deixou no Bairro de Demente é desse tempo.

Só que, a partir de finais de 2015, o Lá Lá Cardo começou a perseguir o FireHead devido à suas denuncias do Islão e revelou o seu nome verdadeiro ao mundo, um acto de covardia imperdoável que, felizmente, não trouxe problemas de maior ao FireHead, mas que o fez deixar de actualizar o seu blogue.