terça-feira, 4 de abril de 2017

Em Itália: quarteto de "pobres coitadinhos" queria explodir ponte histórica


    Em Itália a polícia prendeu um grupo de quatro muçulmanos com estatuto de "refugiados" que  pretendiam fazer explodir a ponte de Rialto. Estavam "perfeitamente integrados", com trabalho e bons ordenados.

Notem bem a pergunta "ingénua" que a entrevistadora faz aos 1m03s, típica do estado de negação verdadeiramente demencial e do relativismo moral patológico que assola as nossas elites.

3 comentários:

João José Horta Nobre disse...

Depois de ver esse video aé senti tonturas! Já não consigo mesmo ver qualquer um desses programas de desinformação do "sistema". Há anos que deixei de os ver e quando passo os olhos por qualquer coisa, arrependo-me prontamente porque o nível da estupidez do que essa gente anda a pregar ao público é descomunal. A burrice dessa jornalixeira então é de dar vómitos!

Leitora disse...

aiaiai... como q alguém q deveria estar desesperado, fugindo da morte, da fome, da sede.. tem tempo e vontade de explodir uma ponte do lugar que o acolheu?

Afonso de Portugal disse...

João José Horta Nobre disse...
«Depois de ver esse video aé senti tonturas! Já não consigo mesmo ver qualquer um desses programas de desinformação do "sistema".»

Este Nuno Rogeiro é, apesar de tudo, dos menos insuportáveis. Mesmo assim, ele omite muita informação importante. Mas lá está, se não omitisse, provavelmente já não apareceria na televisão...


«A burrice dessa jornalixeira então é de dar vómitos!»

Esta parece mesmo acreditar no que diz... o pior são aquelas que não acreditam e que, mesmo assim, mentem!


Leitora disse...
«aiaiai... como q alguém q deveria estar desesperado, fugindo da morte, da fome, da sede.. tem tempo e vontade de explodir uma ponte do lugar que o acolheu?»

Bem, segundo os 'especialistas' europeus, trata-se de uma "doença mental"... ;)