quinta-feira, 30 de março de 2017

Na ausência de facas, os "maluquinhos" recorrem a martelos!


Um muito obrigado! ao Dr. No por nos ter trazido aqui esta notícia bem gira:

Às 7 horas do dia 17 de Março (a notícia original não especifica se de manhã ou ao fim da tarde), um ciclista de 59 anos descia por uma rua de Hamburgo quando, de repente, um "pobre coitadinho" saiu-lhe ao caminho. De acordo com a polícia de Hamburgo, este "pobre coitadinho" era um afegão de 31 anos que, depois de umas breves palavras, sacou de um martelo e atingiu o ciclista alemão na cabeça (que vibrante, pá!).

Não, este não é o martelo usado em Hamburgo, é só para ilustrar.

Felizmente, o ciclista alemão conseguiu fugir e pedir ajuda às autoridades, que acabaram por encontrar o "marteladas" num apartamento. Havia um rasto de sangue que terá possibilitado às autoridades seguir o "pobre coitadinho" até esse apartamento. O afegão "enriquecedor" acabou por ser detido e o martelo usado na agressão foi apreendido.

Como não podia deixar de ser, um porta-voz da polícia proferiu uma frase já clássica: "o suspeito padece possivelmente de uma doença mental". Vá lá, ao menos desta vez usaram a palavra "possivelmente"! 

Quanto ao ciclista alemão "enriquecido", acabou por ser levado para um hospital e, felizmente, já teve alta. Viva a diversidade!

5 comentários:

Dr. No disse...

Trata-se claramente de um problema relacionado com as ciclovias!

Afonso de Portugal disse...

LOL! Os ciclistas têm de ser mais responsáveis e evitá-las! :P

Dr. No disse...

LOL. Se o ciclista levasse capacete já não se magoava com as marteladas do árabe...

Voshin disse...

se era um refugee lover ou daqueles estúpidos ignorantes que continuam a bater com os cornos na parede sempre que há eleições, só se perderam as que caíram no chão, caso negativo espero que recupere das lesões e se prepare para a próxima dar luta, amor com amor se paga...

Afonso de Portugal disse...

Dr. No disse...
«LOL. Se o ciclista levasse capacete já não se magoava com as marteladas do árabe...»

Desconfio que é isso que vai constar no relatório da polícia! A culpa é do cliclista que devia ter usado o equipamento adequado! :P


Voshin disse...
«se era um refugee lover ou daqueles estúpidos ignorantes que continuam a bater com os cornos na parede sempre que há eleições, só se perderam as que caíram no chão, caso negativo espero que recupere das lesões e se prepare para a próxima dar luta, amor com amor se paga...»

Exactamente! Só há que ter pena de quem merece... e quem merece, aprende!