quinta-feira, 2 de março de 2017

Lembram-se do jornalista que foi à Suécia mostrar que não existem no-go zones?


Sim, o tal Tim Pool, a quem o Paul Joseph Watson ofereceu 2000 £ para ira até à Suécia "investigar" as no-go zones! Adivinhem o que lhe aconteceu! A polícia sueca acabou por ter de escoltá-lo para fora de uma dessa zonas "vibrantes" que supostamente não existem! Porquê? Porque os "pobres coitadinhos", vá-se lá saber porquê, estavam a preparar-se para "enriquecer" o Tim!

4 comentários:

Rick disse...

Além de idiotas, são cobardes.

Afonso de Portugal disse...

Mesmo! Mas ao menos este lá teve a integridade de admitir que estava enganado... coisa rara entre os jornalistas ocidentais dos nossos tempos! Desconfio que não fará carreira num grande jornal...

Leitora disse...

eu acho q com certeza deve ser pior pras mulheres andarem sozinhas pelas "no go zones"..acho que teria mais impacto se o Paul tivesse enviado uma jornalista mulher, seguida d longe por outras pessoas para segurança..

Afonso de Portugal disse...

Sem dúvida que seria muito pior para uma mulher, cara Leitora, mas não foi o Paul que escolheu o Tim Pool. O Paul ofereceu-se, no Twitter, para ajudar financeiramente qualquer jornalista que tivesse a coragem de ir investigar as no-go zones da Suécia... e o Tim Pool foi o primeiro que se apareceu!

Mesmo assim, só agora esse Tim Pool está começando a acreditar que os "racistas" tinham mesmo razão!