quinta-feira, 30 de março de 2017

Em zona altamente africanizada: karma apanha dois jornalistas da RTP!


Um muito obrigado ao Raghnar por nos ter trazido aqui este exemplo maravilhoso de justiça poética... o universo arranja sempre uma forma de dar o devido troco a quem o merece!

«Dois jornalistas da RTP, um operador de imagem e um redactor, foram violentamente agredidos esta quinta-feira este Joves  junto a uma escola de Chelas, em Lisboa, por familiares de uma criança de 12 anos que, alegadamente, terá violado um outro menor de 9 anos.»

 Uma vista sobre Chelas. Que colorido! Que exótico! Que vibrante!!!


«A equipa da RTP tinha acabado de chegar à Escola Básica dos Lóios, em Chelas, quando os familiares do jovem, suspeito de violação, agrediram o operador de câmara com um banco e depois com vários pontapés na cabeça. Um dos agressores foi identificado e detido e o outro foi também detido por resistência à autoridade, avançou a subcomissária do Comando de Lisboa da PSP, Helga.

O operador foi internado no Hospital de São José, com vários ferimentos e uma equipa de jornalistas que se deslocou à escola depois deste incidente, só conseguiu abandonar o estabelecimento escolar quando foi escoltada pela PSP.»

Comentário do blogueiro: a única coisa que falta saber é se os agressores são "jovens" ou "indivíduos"... se bem que, no fundo, vá quase dar ao mesmo: alógeno é alógeno e o multiculturalismo multirracialista acaba sempre por sobrar para os nativos.

No entanto, não posso ser hipócrita, fiquei muito contente com esta notícia! Os jornalistas têm estado na linha da frente da promoção e da defesa intransigente da imigração de fronteiras escancaradas, com a sua manipulação descarada e omissão repetida de factos importantes sobre as consequências da imigração. Com raras e honrosas excepções, os jornalistas são todos escumalha cosmopolita que merecia morrer às mãos dos "pobres coitadinhos" cuja importação advoga.

Sim, sr.(ª) jornalista, se você está a ler isto neste preciso momento e é favorável à imigração sem controlo, eu quero mais é que você morra, de preferência de uma forma bem lenta e dolorosa! É isso que você defende para o povo português ao importar culturas e gentes que nos são abertamente hostis, portanto, você não merece menos! E asseguro-lhe que há cada vez mais portugueses ocidentais a pensar como eu!

Claro que estes dois desgraçados eram apenas dois paus mandados... bem pior do que eles são os chefes de redacção, os directores de programação e de informação. Mas, nestas coisas, o justo acaba sempre por pagar pelo pecador e eu já não consigo sentir pena da classe jornalística em geral, tal como não tenho pena dos pulhíticos, de uma parte muito significativa dos professores universitários, dos empresários em geral e de todos os "intelectuais" que dizem maravilhas da imigração sem terem de lidar nem conviver de perto com os imigrantes. Vocês não são elite nenhuma, vocês são um bando de canalhas!!!

2 comentários:

Bilder disse...

"Claro que estes dois desgraçados eram apenas dois paus mandados... bem pior do que eles são os chefes de redacção, os directores de programação e de informação. Mas, nestas coisas, o justo acaba sempre por pagar pelo pecador e eu já não consigo sentir pena da classe jornalística em geral, tal como não tenho pena dos pulhíticos, de uma parte muito significativa dos professores universitários, dos empresários em geral e de todos os "intelectuais" que dizem maravilhas da imigração sem terem de lidar nem conviver de perto com os imigrantes. Vocês não são elite nenhuma, vocês são um bando de canalhas!!!"------------------------------Exactamente!Só é pena que sejam sempre os "desgraçados" paus mandados a pagar a factura.

Afonso de Portugal disse...

Hoje houve choradinho nalguns jornais porque "ai, já não é a primeira vez que os jornalistas são agredidos, isto não pode ser"!!! Ou seja, há agressões a nativos quase todos os dias, mas os jornalistas só choram quando lhes calha a eles! Bando de hipócritas nojentos!!!