sábado, 4 de março de 2017

Em Espanha, desmantelada rede de tráfico de droga colombiana


Mais maravilhas do hispano-tropicalismo:

«A polícia espanhola anunciou este sábado Sáturnes ter desmantelado uma rede colombiana de tráfico de cocaína numa operação em que foram detidas 24 pessoas e apreendidas 2,4 toneladas de droga.


Os presumíveis traficantes de droga, pertencentes a dois grupos ligados ao "cartel de Cucuta", "tentavam instalar-se em Espanha", declarou o chefe da brigada de estupefacientes da polícia espanhola, Ricardo Toro, numa conferência de imprensa na cidade de Corunha (noroeste).

A apreensão "é uma das mais importantes" realizadas nos últimos anos em Espanha relativas ao tráfico de cocaína, afirmou. A maioria das pessoas detidas são de nacionalidade colombiana e as restantes são espanholas [serão espanholas ou "espanholas"?], precisou, adiantando que muitas são "figuras bastante importantes no tráfico internacional de cocaína".»

É assim a diversidade vibrante, sempre a enriquecer os europeus. Até os cartéis de droga ameaçam tomar conta do velho mundo!

6 comentários:

CENSURADO AGAIN disse...

acho tosco usarem o termo hispania só pra espanha a iberia toda era hispania portugal era hispania galaecia a norte e hispania lusitania

CENSURADO AGAIN disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Afonso de Portugal disse...

É verdade. Aliás, a própria palavra Espanha é abusiva, pelas mesmas razões.

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger Afonso de Portugal disse...
É verdade. Aliás, a própria palavra Espanha é abusiva, pelas mesmas razões.

5 de março de 2017 às 19:24

eles usam por que conseguiram o norte e o centro leste da hispania e portugal só o oso ou seja eles tem o grosso da hispania dai se chamaram hispania usando outra grafia mas mantendo a fonetica basica pois obviamente eles precisavam de um nome que unificasse aquela colcha de retalhos de várias origens já portucale tinha um origem só ao menos enquanto ainda era portucale depois anexou o sul e manteve portugal como nome o algarve sequer era tido como portugal parece que só no xx idem as ilhas tanto que no reino unido aparecia brasil portugal e algarves

Bilder disse...

Esperemos que a justiça e as prisões lá funcionem e não tenha a nossa polícia de andar atrás deles(se fugirem)como acontece a policia espanhola andar atrás dos que fogem de cá(por exemplo os chilenos).

Afonso de Portugal disse...

Censurado Again disse...
«precisavam de um nome que unificasse aquela colcha de retalhos de várias origens»

Pois... e mesmo assim, ainda hoje têm montes de problemas, coma Catalunha e o País Basco sempre a ameaçarem a independência. Aliás, a própria Galiza foi tendo vários movimentos separatistas ao longo da história, que só acalmaram nas últimas décadas porque a prosperidade espanhola superou a portuguesa, fazendo com que os galegos preferiam manter-se espanhóis.


Bilder disse...
«Esperemos que a justiça e as prisões lá funcionem e não tenha a nossa polícia de andar atrás deles(se fugirem)como acontece a policia espanhola andar atrás dos que fogem de cá(por exemplo os chilenos).»

Julgo que eles facilitam menos do que nós, mas nestas coisas da "diversidade" no Ocidente, nunca se sabe! Basta ver que ainda há uns dias cerca de 500 "refugiados" saltaram o muro em Ceuta e, em vez de serem imediatamente expulsos pelas autoridades, foram recebidos com comida e ajuda médica!