sexta-feira, 31 de março de 2017

Confirma-se: agressores dos repórteres da RTP em Chelas eram "indivíduos"


      Conforme eu noticiei ontem, «uma equipa da estação de televisão pública (RTP) foi agredida à porta da escola básica dos Lóios em Chelas, em Lisboa, enquanto fazia a cobertura de um caso de alegada violação de um menor por um colega da escola. O repórter de imagem foi espancado, mas nunca deixou de gravar. Veja as imagens do operador de imagem da RTP.»:




O PNR publicou o seguinte comentário na sua página de Facebook:

«A equipa da RTP sentiu hoje na pele o que muito estudante [e professor] sente todos os dias e o que muito português sente nas ruas, nos transportes públicos e em muitos bairros onde vive. Que seja, um abre olhos para que deixem de proteger os "coitadinhos" e os "jovens" que gozam da mais completa impunidade.

Segurança nas escolas e nas ruas não preocupa o sistema, já que quem nos dirige vive bem protegido!»

____________
Ver também: 

Em zona altamente africanizada: karma apanha dois jornalistas da RTP!

14 comentários:

Dr. No disse...

"Confirma-se: agressores dos repórteres da RTP em Chelas eram "indivíduos""

Vá lá que não foi um "veículo" desgovernado como em Nice, Berlim ou Londres.

E a violação CONFIRMA-SE?

Afonso de Portugal disse...

Também gostava de saber! :|...

Raghnar disse...

Confesso, na minha mente "preconceituosa", ter pensado que seriam "jovens", mas vai dar ao mesmo. Foi na mesma positivo, se contribuir para a devolução de autoridade ao professor e acabar com a ideia que a instrução (o termo educação é para mim uma falácia, essa vem de casa) é um processo democrático. Não é, e isso nada tem a ver com o desenvolvimento do raciocínio crítico e discussão de ideias, coisa completamente diferente da relação aluno-Mestre, que por natureza não são "iguais" ou estariam ambos a perder tempo.

Sinto muito pelos agredidos, mas podem ter feito um grande serviço ao país...

João José Horta Nobre disse...

Agora que foram os jornalixeiros da RTP a papar nas fuças, já não falam em "doença mental" ou "exclusão social" como causas para a papada nas fuças. Quando é um de nós a ser agredido, nem uma notícia que esses animais passam, mas se for um "indivíduo" ou um "jovem" coitadinho a levar com um cassetete da polícia em cima da corneta, aí são notícias e mais notícias, com protestos à mistura. Portanto e como o Afonso diz, os jornalixeiros só têm o que merecem. Não fiquei com pena nenhuma.

Dr. No disse...

Olhem-me esta vaca a chutar para canto:

https://oinsurgente.org/2017/03/31/estrela-serrano-como-seria-de-esperar/

Unknown disse...

Avô, como vais? Espero que estejas bem melhor, é sempre difícil mas há que seguir em frente, grande abraço muita força e sorte!

Pra falar de outra coisa, por acaso estava na faculdade porque moro aí bem perto e não tive a oportunidade de ver uns mérdia a levar uns tabefes :P

-Lattia

CENSURADO AGAIN disse...

pior com a grana de vcs a la judeus em paris e outros locais infestando tudo com alogenos e ainda segurança privada com grana dos trouxas

Afonso de Portugal disse...

Raghnar disse...
«Confesso, na minha mente "preconceituosa", ter pensado que seriam "jovens", mas vai dar ao mesmo.»

Sim, no fundo são todos alógenos e o multiculturalismo multirracialista é uma maravilha!


«Não é, e isso nada tem a ver com o desenvolvimento do raciocínio crítico e discussão de ideias, coisa completamente diferente da relação aluno-Mestre, que por natureza não são "iguais" ou estariam ambos a perder tempo. »

Na mouche! Aliás, cada vez me convenço mais que estas ideias modernaças de "democratizar" a educação têm como objectivo principal nivelar toda a gente por baixo.


João José Horta Nobre disse...
«Agora que foram os jornalixeiros da RTP a papar nas fuças, já não falam em "doença mental" ou "exclusão social" como causas para a papada nas fuças. Quando é um de nós a ser agredido, nem uma notícia que esses animais passam, mas se for um "indivíduo" ou um "jovem" coitadinho a levar com um cassetete da polícia em cima da corneta, aí são notícias e mais notícias, com protestos à mistura.»

Exactamente! Até o sindicato dos jornalistas já se pronunciou sobre este caso! Quando somos nós a levar e protestamos, é sempre "racismo", ou um "fobia" qualquer! Esta duplicidade de critérios gritante por parte da classe me(r)diática deve ficar bem registada para o futuro.


Dr. No disse...
«https://oinsurgente.org/2017/03/31/estrela-serrano-como-seria-de-esperar/»

Nojo total, sobretudo tendo em conta que essa fulana está ligada a um órgão da RTP! Incrível, é quase como se a ciganada fosse naturalmente boazinha e só tivesse agido assim porque os jornalistas foram à escola! Obrigado pelo link!


Lattia disse...
«Avô, como vais? Espero que estejas bem melhor, é sempre difícil mas há que seguir em frente, grande abraço muita força e sorte!»

Estou bem melhor, caro Lattia! De vez em quando ainda tenho uns momentos de afundanço mas, felizmente, também tenho por perto que me ajude a superá-los rapidamente! :) Um abraço também para ti, caríssimo!


«não tive a oportunidade de ver uns mérdia a levar uns tabefes :P»

LOL! Desconfio que, vivendo nessa zona, vais ter mais oportunidades! ;)


Censurado Outra Vez disse...
«pior com a grana de vcs a la judeus em paris e outros locais infestando tudo com alogenos e ainda segurança privada com grana dos trouxas»

Essa é a parte mais surreal, é certinho que grande parte da malta do vídeo é subsídio-dependente! Mas o que fazer? O povo continua a votar naqueles que lhes dão mama!

CENSURADO AGAIN disse...

Essa é a parte mais surreal, é certinho que grande parte da malta do vídeo é subsídio-dependente! Mas o que fazer? O povo continua a votar naqueles que lhes dão mama!

1 de abril de 2017 às 00:58

kk sim mesmo os verdes que se fingem de socialmente azuis embarcam nessa trouxidão sem tamanho só os verdes do leste ainda tem alguma sinapse

Bruno Dias disse...

"Portanto e como o Afonso diz, os jornalixeiros só têm o que merecem. Não fiquei com pena nenhuma." Há quem chame a este tipo de situações "Karma".

Lura do Grilo disse...

Uma bom banho de multi-culturalismo faz sempre bem.

Terão agora excelentes oportunidades de fazer reportagens sobre: exclusão, falta de oportunidades, dificuldades de integração, condições degradadas, falta de apoio social, guetos, e etc.

Afonso de Portugal disse...

Censurado Outra Vez disse...
«kk sim mesmo os verdes que se fingem de socialmente azuis embarcam nessa trouxidão sem tamanho só os verdes do leste ainda tem alguma sinapse»

Sim, mas é só uma questão de tempo até ficarem contagiados! O "pobre coitadismo" espalha-se mais depressa do que um fogo na selva...


Bruno Dias disse...
«"Há quem chame a este tipo de situações "Karma".»

Eu gosto desse termo porque é todo multiKultural e assenta como uma luva a à escumalha globalista! Noutros contextos prefiro "justiça poética", "ironia do destino" ou "cada um tem aquilo que merece". :) Seja como for, a única coisa que lamento neste episódio é que não aconteça mais vezes e a gente com mais poder de decisão do que estes dois repórteres.


Lura do Grilo disse...
«Uma bom banho de multi-culturalismo faz sempre bem.»

LOL! Então não faz? É como ir às termas, mas em vez da pele e dos ossos trata-se das maleitas da alma! :P

«Terão agora excelentes oportunidades de fazer reportagens sobre: exclusão, falta de oportunidades, dificuldades de integração, condições degradadas, falta de apoio social, guetos, e etc.»

Naturalmente! Há que aproveitar todas as situações de fracasso do multiculturalismo para advogar ainda mais multiculturalismo! É a única solução, pá!!!!!

CENSURADO AGAIN disse...

Sim, mas é só uma questão de tempo até ficarem contagiados! O "pobre coitadismo" espalha-se mais depressa do que um fogo na selva...

se espalha nos colonizados pelos azuis infelizmente os azuis viraram modelos de sucesso por que são produtivos e tecnologicos organizados etc e os judeus usaram isso pra ferrar o resto mas nem todos a leste ja compram disso

CENSURADO AGAIN disse...

veja que tudo o que os azuis fazem os outros fazem ter cachorros ter gatos mas no leste ja se proibe disso comer merda de certos alogenos especificos enquanto demoniza outros genocida cria false flags diga-se verdes destruidos mores pelos demais alogenos e decaidos acefalos que ainda chupam essas desgraças todas