sábado, 25 de março de 2017

A superclasse mundialista continua a incentivar a pedofilia!


     Um muito obrigado! à Leitora por nos ter trazido aqui esta notícia digna de uma episódio da Twilight Zone:

«Peritos escandinavos [de onde mais poderiam ser?] estão a apelar ao emprego de bonecas sexuais feitas à imagem de crianças para impedir os pedófilos de abusar crianças reais.»

Uma das bonecas em causa, apreendidas na Noruega.

«A Fundação Sexpo, da Finlândia, quer que as bonecas sejam disponibilizadas aos pedófilos finlandeses. A Fundação Sexpo baseia a sua opinião num relatório da polícia norueguesa que dá conta do aumento da importação de objectivos de cariz sexual Noruega, em particular de bonecas sexuais parecidas a crianças, fabricadas sobretudo em Hong Kong.

Numa carta aberta redigida pelo director da Fundação Sexpo, Tommi Paalanen, pode ler-se:

"Os nossos serviços e diversos estudos internacionais demonstram que o risco de ofensa sexual contra as crianças pode ser reduzido se houver uma forma alternativa de os pedófilos canalizarem os seus desejos. As bonecas sexuais constituem um dessas formas de canalização. Uma pessoa que gastam tanto dinheiro a comprar uma boneca já tomou a decisão de consumar a sua tendência sexual. É por isso importante que as autoridades aduaneiras e outras que estejam preocupadas com as bonecas sexuais não comprometam a sua disponibilidade."

Comentário do blogueiro: o único mérito que eu vejo na utilização destas bonecas é permitirem a identificação dos pedófilos que eventualmente as encomendem. Tenho muitas reservas em relação aos "estudos internacionais" que dizem que estas bonecas podem evitar actos de pedofilia com crianças reais. Da mesma forma que a esmagadora maioria dos homens normais não se contenta com uma boneca insuflável, duvido muito que a maioria dos pedófilos se contente com uma menina de plástico, por mais realista que ela seja.

A dura realidade é que um pedófilo tem de ser tratado por psiquiatras e afastado das crianças. E se isso falhar, tem de ser quimicamente castrado.

___________
Ver também:

Para aqueles que acham que a esquerda já não tem mais "causas fracturantes" para defender...
Paul Joseph Watson denuncia a crescente relativização da pedofilia nos mé(r)dia ocidentais
«As meninas devem superar o seu desconforto ao ver genitais masculinos»
A podridão dos nossos doutrinadores globais
Esquerda "tuga" não quer que se saiba quem são os pedófilos cá do burgo
Jorge Sampaio: «Não apedrejem os pedófilos! Mas prendam quem viola o segredo de justiça!!!»

6 comentários:

CENSURADO AGAIN disse...

tosco vc tem uma parafilia e incentiva ela ao inves de cortar ela então pro coprofilo vão dar merda de mentirinha ao inves de dizer que merda = sujeira?a unica cura pra crime sexual desse tipo é pena de morte eugenics por solução final ve aquela menina abusada pelo pai quase virou psicopata

Afonso de Portugal disse...

Isto faz parte da estratégia de normalização da pedofilia. É mais um passo na caminhada rumo à "modernidade".

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger Afonso de Portugal disse...
Isto faz parte da estratégia de normalização da pedofilia. É mais um passo na caminhada rumo à "modernidade".

26 de março de 2017 às 00:08

pois maravilhas desses burros que engolem tudo tapados que se o regime mandar eles pularem da ponte pro abatedouro eles pulam a tv controla eles

João José Horta Nobre disse...

Bem, eu acho que se deve averiguar junto de peritos credíveis, se realmente isso pode ajudar os pedófilos a não irem atrás das crianças. Se assim for, não vejo qual é o mal de eles andarem a dar quecas numa boneca de plástico. Sempre é melhor assim...

Afonso de Portugal disse...

Censurado Again disse...
«se o regime mandar eles pularem da ponte pro abatedouro eles pulam a tv controla eles»

Apesar de tudo, temos melhorado bastante... graças à internet e aos média alternativos, as pessoas vêem cada vez menos televisão. Claro que continuamos muito longe do ideal, que seria as pessoas praticamente não verem televisão, mas pronto, temos de ir passo a passo.


João José Horta Nobre disse...
«(...) eu acho que se deve averiguar junto de peritos credíveis, se realmente isso pode ajudar os pedófilos a não irem atrás das crianças.»

A ideia é boa, mas eu vejo logo à partida dois grandes problemas para a sua concretização: (1) para que uma comissão ou grupo de peritos seja realmente credível, ela tem de ser constituída por pessoas de ambos os quadrantes políticos, direita e esquerda. Esta necessidade justifica-se pelo facto de ser necessário anular preconceitos ideológicos de parte a parte. Mas, actualmente, não há uma única universidade ou instituição de investigação científica no mundo que obrigue à heterogeneidade ideológica nos seus grupos de peritos. Talvez seja por isso que temos tanta "ciência" que diz que a culpa de todos os males do mundo pertence ao Ocidente.

(2) Outro problema é que um estudo que pretendesse avaliar seriamente se as bonecas resultam mesmo teria de seguir os pedófilos ao longo das suas vidas e, só então, retirar as devidas conclusões. Não chega seguir um pedófilo alguns meses ou até alguns anos para saber se as bonecas resultam mesmo. É esse o erro crasso da Fundação Sexpo: sendo as bonecas um fenómeno recente, não é possível extrapolar em definitivo acerca da sua eficácia. É por isso que eu estou convencido que as declarações do Tommi Paalanen são mera especulação de base ideológica e não ciência.

CENSURADO AGAIN disse...

Apesar de tudo, temos melhorado bastante... graças à internet e aos média alternativos, as pessoas vêem cada vez menos televisão. Claro que continuamos muito longe do ideal, que seria as pessoas praticamente não verem televisão, mas pronto, temos de ir passo a passo.

cuidado que deixar de ver tv nem é tudo o grosso ainda é moldado pela tv e dos que não são muitos caem em sites do regime que se fingem de underground