quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

SEF detém 6 ilegais no interior transmontano


«O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) anunciou a detenção de seis cidadãos por permanência ilegal em Portugal, no âmbito de uma operação de fiscalização em terminais rodoviários de Chaves, distrito de Vila Real.»

 Uma vista sobre a ponte romana da cidade de Chaves (Aquae Flaviae), sobre o rio Tâmega.

«O SEF explicou, em comunicado, que a operação teve como objectivo a identificação de passageiros provenientes de países da União Europeia e que tinham como destino a cidade de Lisboa. Esta polícia disse que se encontra a analisar "estes fluxos imigratórios e circunstâncias envolvidas, nomeadamente a forma como os cidadãos estrangeiros têm sido contactados e transportados, avaliando-se a possibilidade de tais transportes ilegais terem por detrás alguma organização, com vista à tentativa da sua regularização em território nacional".

A acção, que decorreu em Chaves, culminou na intercepção de vários cidadãos estrangeiros indocumentados, os quais foram conduzidos para identificação às instalações do SEF de Vila Real. Segundo esta polícia, seis pessoas foram detidas por permanência ilegal em Portugal, tendo sido presentes  à autoridade judicial para aplicação de medidas de coacção. Os cidadãos foram colocados, por determinação judicial, num centro de instalação temporária, onde aguardarão os ulteriores termos do processo de afastamento de território nacional.

Segundo o SEF, da análise da situação de cada um dos cidadãos estrangeiros, confirmou-se que um deles é "requerente de protecção internacional na República Italiana, sendo que vai ser agora solicitada a sua retoma a cargo, nos termos da Convenção de Dublin".

Relativamente a outros cidadãos foi possível confirmar a existência de manifestações de interesse apresentadas nos termos do n.º 2 do artigo 88.º da Lei de Estrangeiros, algumas delas com parecer positivo emitido pelo SEF, e que os seus documentos de identificação se encontravam na cidade de Lisboa na posse de familiares, amigos ou patrões.

De acordo com esta força policial, esta é a segunda operação realizada no mês de Janeiro. Há cerca de duas semanas foram detidos onze cidadãos estrangeiros, aos quais foram aplicadas medidas de coacção de termo de identidade e residência e apresentações periódicas no SEF enquanto aguardam o desfecho do processo de afastamento coercivo.

Nenhum dos cidadãos estrangeiros detectados nestas duas situações tinha em sua posse, no momento da intercepção, os respectivos passaportes.» 

Para aqueles que julgam que a iminvasão só afecta os grandes centros urbanos do país, aqui fica mais um exemplo de que não é bem assim...

____________
Ver também:

Vila Real: GNR deteve dois suspeitos de assaltos estrangeiros após perseguição
Em pleno interior transmontano: máfia búlgara forçava famílias a escravidão!
Na Guarda: casal detido por sequestro, tráfico e escravidão de pessoas
Em Bragança: SEF detém cidadã estrangeira por tráfico de seres humanos
E mais um caso de escravidão no interior "tuga"
"Portugueses" escravizavam Portugueses em Espanha
Em Castelo Branco: detido estrangeiro com ordem de expulsão do país Em Penamacor (Castelo Branco): indiano trabalhava para rede de imigração ilegal
52 "romenos" detidos a roubar azeitona no Alentejo
Em Leiria: SEF desmantela rede de falsificadores que auxiliavam os imigrantes ilegais
GNR caputra gangue de ladrões romenos em Beja

5 comentários:

CENSURADO AGAIN disse...

http://foxbaltimore.com/news/nation-world/facebook-live-beating-of-teen-with-special-needs-leads-to-4-arrests

Anónimo disse...

Olhe esta maravilha luso-tropicalista:

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=654368

Ass: FdT

Anónimo disse...

Talvez o maior intelectual da The Alt-Right's, Richard Spencer | bastante interessante. Creio que a maior parte das ideias dele são do movimento identitário/nacionalist

https://www.youtube.com/watch?v=ni_6sISHnqQ

Afonso de Portugal disse...

CENSURADO AGAIN disse...

Obrigado, Caps, mas eu já dei aqui essa notícia:

http://totalitarismouniversalista.blogspot.pt/2017/01/o-racismo-anti-branco-nao-existe-pa-2.html


Filho da Truta disse...
«Olhe esta maravilha luso-tropicalista:»

Que exótico! Que colorido! Que vibrante! Só podjia sê no Brasíu, cará! :)


Anónimo disse...
«https://www.youtube.com/watch?v=ni_6sISHnqQ»

Só foi pena não teres assinado o teu comentário. Peço-te que o faças da próxima vez. Eu não costumo publicar comentários puramente anónimos. Não peço um nome, só uma alcunha, tal como a do Filho da Truta, para saber quem és nas nossas próximas interacções.

Afonso de Portugal disse...

Caps, não publicarei mais comentários em maiúsculas. Ou escreves em minúsculas ou... és censurado again! :)