quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Hollywood pronuncia-se sobre o motim de Berkeley!


Depois de termos visto o Shia LaBeouf a fazer figurinhas tristes, temos aqui mais três prostitutas hollywoodescas a apelar explicitamente à violência:

Olha, uma judia adepta das revoluções armadas! Incrível como os extremos se tocam!


Quem diria que o realizador de "O virgem de 40 anos" era um apologista da violência?


Só mesmo o Presidente Trump para unir os judeus e os palestinianos nalguma coisa!
(Alexander é filha de imigrantes palestinianos)


Portanto, a Sr.ª Messing acha que a violência é uma forma legítima de silenciar a oposição! Muito bem!

____________
Ver também:

Mais uma prostituta hollywoodesca mostra a sua verdadeira face!
O escroque Bergoglio atribuiu medalhas às suas prostitutas favoritas!
Ainda sobre as alegadas disparidades entre os salários dos homens e das mulheres
A podridão dos nossos doutrinadores globais
Paul Joseph Watson: «O George Clooney que se f***!»
Nos EUA: actriz mestiça criticada por não ser suficientemente preta
Finalmente alguém tenta pôr um travão na língua deste anormal!
A hipocrisia gritante dos homens de "12 Anos Escravo"
Uma pergunta pertinente...

29 comentários:

João José Horta Nobre disse...

Essa gente é doente. Isto está a tornar-se verdadeiramente doentio. Os jornais não param de publicar artigos anti-Trump 24 sobre sobre 24 horas.

Afonso de Portugal disse...

Eles são pagos para isso, caro JJHN! Esta vitória de Trump acabou com as poucas dúvidas que eu ainda tinha! É impossível que isto seja apenas uma questão de política, tem mesmo de haver dinheiro envolvido! Se assim não for, do que vivem estas pessoas que passam o dia inteiro a escrever contra o Presidente?

O que mais me assusta é a dimensão do fenómeno. Em Portugal, por exemplo, todos os jornais sem excepção falam mal do Trump, várias vezes por dia. Quem controla afinal os nossos jornalistas? E, por extensão, quem controla afinal o nosso país?

João José Horta Nobre disse...

«O que mais me assusta é a dimensão do fenómeno. Em Portugal, por exemplo, todos os jornais sem excepção falam mal do Trump, várias vezes por dia. Quem controla afinal os nossos jornalistas? E, por extensão, quem controla afinal o nosso país?»

Por aí o Afonso pode ver bem a brutalidade do monstro que nós estamos a enfrentar. Isto, aquilo que designamos por "sistema", é um autêntico polvo com vários tentáculos muito bem infiltrados e financiados. Mas com a chegada de Trump ao poder, o Afonso não tenha dúvidas de que estamos muito mais perto da vitória.

Isto que está a acontecer com Trump, o que os media do "sistema" lhe estão a fazer, está a abrir os olhos a muita gente que dantes dizia que era uma mera "teoria da conspiração" de cada vez que se falava em "sistema" e controlo total dos mainstream media por parte de uma pequena elite. O Reinado da bicharada está a acabar, agora é apenas uma questão de tempo.

Leitora disse...

Aiaiai, tem um jeito mais fácil de se livrar de Trump, e acho que os apoiadores dele aceitariam fazer uma vaquinha para pagar... Uma passagem só de ida para a Somália, Iemen, Síria.. Além de poderem estar rodeados de pessoas maravilhosas que eles adoram, ainda terão a oportunidade de conhecer o que é raxismu e intolerância de verdade. Seria bacana para ver quanto tempo eles durariam num lugar desses... até poderiam movimentar alguma casa de apostas. As pessoas poderiam apostar se fulano seria ou não estuprado, se seria ou não torturado, assassinado, esfaqueado, esquartejado, apedrejado, assediado, se passaria fome ou pegaria HIV ou outros doenças e coisas assim.

CENSURADO AGAIN disse...

QUANTO A PALESTINA É UMA BEDUINA PORCA SUB MUFTI QUE DA A BUNDA AOS JUDEUS VIA MAÇONISMO

CENSURADO AGAIN disse...

O que mais me assusta é a dimensão do fenómeno. Em Portugal, por exemplo, todos os jornais sem excepção falam mal do Trump, várias vezes por dia. Quem controla afinal os nossos jornalistas? E, por extensão, quem controla afinal o nosso país?

3 de fevereiro de 2017 às 01:26

OS REPTILIANOS KK O TRUMP É UM GORDO FALIDO DEVIA LER ROSENBERG

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger João José Horta Nobre disse...
Essa gente é doente. Isto está a tornar-se verdadeiramente doentio. Os jornais não param de publicar artigos anti-Trump 24 sobre sobre 24 horas.

3 de fevereiro de 2017 às 01:06

FODA-SE O IMPERADOR CUCK DO OESTE

CENSURADO AGAIN disse...

NEM NO HOMELAND DELE TA O PORCO

CENSURADO AGAIN disse...

QUANTO AO PUTIN TIDO COMO O IMPERADOR DOS CUCKSERVATIVES A LESTE DAI AS AFINIDADES BEDUINESCAS É OUTRO ENGODO

CENSURADO AGAIN disse...

A UE PODIA REPATRIAR O TRUMP SAIRIA MELHOR PROS 2 LADOS DO MAR

CENSURADO AGAIN disse...

JA SEI NEM VCS QUEREM LIXO OU QUEREM MANTER ELE CA PRA CONTINUAREM OCUPANDO A LONGITUDE ALHEIA MAS POR QUE ENTÃO DEVOLVERAM O INDICO MAS CONTINUAM IMPORTUNANDO A LONGITUDE ALHEIA O QUE O INDICO TEM DE MELHOR?FORA A NATO GENOCIDANDO ELES CLARO JUDAH ETC

CENSURADO AGAIN disse...

NÃO DE MELHOR TALVEZ POR QUE OS MUSLOS NÃO SE CURVEM TÃO FACIL JA TINHAM UMA CULTURA SOLIDA ANTES DE VCS CHEGAREM

Bilder disse...

Quem controla afinal o nosso país?A mesma máfia liberal-socialista-maçónica-internacionalista que domina a Europa ocidental(e os EUA desde há um ´seculo ou mais) desde a segunda guerra(Bilderberg e afins,que planearam na sombra a dita revolução abrilina que,beneficiando as forças marxistas e liberais,abriu a porta à perda de soberania e à marginalização política de certos partidos em 1974/5 e ao controlo dos média por parte dos da máfia liberal-socialista).

Anónimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=OSvXCVoeMjQ

é curioso este video
é que quase todos os q ele apanhou parecem estar pagos para estar ali e estao em situaçoes economicas um bocado apertados.
ve mais videos deste rapaz ele é um prankster apoiante de trump numa "indústria" (embora pequena, mas com muitos seguidores) igualmente liberal do genero wannabe hollywood e este joey salads é dos poucos (senao o unico) apoiante de trump assumido bem antes das eleiçoes.

Lura do Grilo disse...

Estas manifestações são uma prova ainda da democracia e da sensação (real ainda) da impunidade de agredir de cara tapada e sair de mansinho quando protesta a esquerda.

Se de cada vez que houvesse factos além do simples direito de manifestação pacífica estes vândalos fossem identificados, julgados e encarcerados até cumprir a pena e pagar os prejuízos a brincadeira acabava. Se esta gente tivesse que ganhar o seu sustento e o dinheiro para levar a cabo estas arruaças de ódio a brincadeira acabava.

Afonso de Portugal disse...

João José Horta Nobre disse...
«Mas com a chegada de Trump ao poder, o Afonso não tenha dúvidas de que estamos muito mais perto da vitória.»

Eu acho que foi dado um passo muito importante, mas Trump não pode fazer milagres. Veja-se o caso do juiz democrata que suspendeu a interdição aos imigrantes que o Presidente tinha imposto. A luta vai ser muito intensa nos próximos 4 anos. Se é que Trump consegue aguentar mesmo 4 anos…


«Isto que está a acontecer com Trump, o que os media do "sistema" lhe estão a fazer, está a abrir os olhos a muita gente que dantes dizia que era uma mera "teoria da conspiração"»

Nesse aspecto concordo e partilho o optimismo do caro JJHN. Acho que eles estão a dar uma série de tiros nos pés. E nós, nacionalistas, podemos e devemos aproveitar a sua investida trapalhona para reforçar a nossa posição. A arrogância, a condescendência e a mentira nunca levaram ninguém a lado nenhum. E os mé(r)dia, neste momento, são os grandes campeões dessas três desvirtudes.


Leitora disse…
«Uma passagem só de ida para a Somália, Iemen, Síria.. Além de poderem estar rodeados de pessoas maravilhosas que eles adoram, ainda terão a oportunidade de conhecer o que é raxismu e intolerância de verdade.»

Mas cara Leitora, como eles poderiam viver sem xingar o homem branco? A razão de viver de todo o esquerdista é perseguir a raça branca! :P


«As pessoas poderiam apostar se fulano seria ou não estuprado, se seria ou não torturado, assassinado, esfaqueado, esquartejado, apedrejado, assediado, se passaria fome ou pegaria HIV ou outros doenças e coisas assim.»

Ahahahahahah Se alguém lê isso, ainda decide criar um novo Reality Show! Uma espécie de Survivor no terceiro-mundo!

CENSURADO AGAIN disse...
«NEM NO HOMELAND DELE TA O PORCO »
Bem, você também não é propriamente um índio do Amazonas… portanto, não vá por aí!


«NÃO DE MELHOR TALVEZ POR QUE OS MUSLOS NÃO SE CURVEM TÃO FACIL JA TINHAM UMA CULTURA SOLIDA ANTES DE VCS CHEGAREM»

LOL! Mas qual cultura? Os muslos têm o sistema político e religioso mais estúpido e opressivo de toda a história da humanidade! E se não fosse o capitalismo selvagem e a ganância desmedida das elites ocidentais, eles jamais teriam voltado a pôr os pés na Europa!

Agora tome atenção, Caps: Donald Trump é um deus aqui no TU! Ouviu? Um Deus! Esta foi a última vez que deixei você falar mal dele. Não publicarei mais nenhum comentário anti-Donald neste espaço! E mais: não publicarei mais nenhum comentário pró-islâmico neste espaço! Os muçulmanos são a razão maior de eu me ter tornado nacionalista. Tudo neles é nojento, TUDO MESMO, seus rituais, sua religião, sua forma de ser, a forma como encaram a vida, a forma como encaram a morte, a forma como tratam as suas mulheres, nada, absolutamente NADA neles se aproveita!!! Não continuarei a tolerar a defesa constante que você faz dos seguidores do profeta pedófilo neste espaço! Se você gosta assim tanto de muslos, vá para os blogues nazionaliztaz onde há montes de cretinos frustrados que se masturbam como o bigodinho ridículo do führer e com os gritinhos impotentes dos escravos de Alá!

E veja se controla seu flood, deixa de mencionar o nome verdadeiro de blogueiros e começa a escrever novamente em letras minúsculas! A sua falta de respeito em relação a mim e às regras deste blogue está a tirar-me novamente do sério… >:(

Afonso de Portugal disse...

Bilder disse...
«Quem controla afinal o nosso país? A mesma máfia liberal-socialista-maçónica-internacionalista que domina a Europa ocidental (e os EUA desde há um ´seculo ou mais) desde a segunda Guerra»

Pois… a questão agora é: como é que nos livramos dela?

Anónimo disse...
«https://www.youtube.com/watch?v=OSvXCVoeMjQ»

Só foi pena não ter assinado o seu comentário. Peço-lhe que o faça da próxima vez. Eu não costumo publicar comentários puramente anónimos. Não peço um nome, só uma alcunha, tal como a da Leitora, para eu saber que é consigo que estou a falar nas nossas próximas interacções.

Lura do Grilo disse...
« Se de cada vez que houvesse factos além do simples direito de manifestação pacífica estes vândalos fossem identificados, julgados e encarcerados até cumprir a pena e pagar os prejuízos a brincadeira acabava. Se esta gente tivesse que ganhar o seu sustento e o dinheiro para levar a cabo estas arruaças de ódio a brincadeira acabava.»

Exactamente! Eu confesso que não consigo perceber como é que é legal andar de cara tapada na rua… e ainda percebo menos como é que é legal andar de cara tapada em manifestações! Então não é absolutamente evidente que um indivíduo de cara tapada fica numa posição confortável para exercer a violência e o vandalismo?

Uma coisa é o anonimato na internet, onde não está a causa a ordem pública e a liberdade de expressão exige que não haja represálias sobre as pessoas. Outra coisa bem diferente é o anonimato na rua, onde se pode partir para a agressão física e para a destruição de propriedade privada (como aconteceu em Berkeley) sem medo das consequências...

João José Horta Nobre disse...

«Eu acho que foi dado um passo muito importante, mas Trump não pode fazer milagres.»

Para mim, o mais importante foi Trump ter trazido o Nacionalismo de volta ao mainstream e tê-lo tirado do armário. Isto sim, foi uma vitória absolutamente crucial e mesmo que Trump já não consiga fazer mais nada, só por isso já valeu a pena ele ter ganho!

«Nesse aspecto concordo e partilho o optimismo do caro JJHN. Acho que eles estão a dar uma série de tiros nos pés.»

Perderam a noção da realidade. Completamente. As elites, principalmente as de esquerda, perderam completamente a noção da realidade. Essa gente já não tem a mínima noção do que anda a fazer. Mas que eles continuam a dar luta, la isso dão. Resta saber é quanto mais tempo resistirão até quebrarem de vez.

Afonso de Portugal disse...

João José Horta Nobre disse...
«Para mim, o mais importante foi Trump ter trazido o Nacionalismo de volta ao mainstream e tê-lo tirado do armário.»

Sem dúvida! Infelizmente, nem todos no nosso meio percebem e valorizam essa dinâmica. Para alguns, Trump é apenas mais um lacaio dos judeus, "oposição controlada"! Lá está, temos nacionalistas nas nossas fileiras que devoram montanhas de literatura sobre o marxismo cultural, mas depois demonstram ser iletrados, porque não percebem o que a coisa é. Aquilo que a história do MC nos ensina é que, antes de se poder fazer uma revolução armada que perdure, é preciso começar por fazer uma revolução cultural!

E o grande mérito do Presidente Trump, mesmo que seja um flop em tudo o resto, é precisamente ter iniciado essa grande revolução cultural!

João José Horta Nobre disse...

«E o grande mérito do Presidente Trump, mesmo que seja um flop em tudo o resto, é precisamente ter iniciado essa grande revolução cultural!»

O Arquivista apareceu lá no meu blog a gozar comigo por eu ter escrito há dias que Trumo deu início a uma Revolução Nacionalista, sem precedentes na história da humanidade, posição esta que eu continuo a defender.

Na forma e no estilo, Trump é, de facto, um fenómeno único na história. Já houve outras revoluções nacionalistas no passado, mas esta é diferente por inúmeros motivos. O Trumpismo inaugurou uma nova época para todos os partidos e movimentos nacionalistas e nós agora temos de aproveitar o balanço, pois isto pode muito bem ser a última oportunidade que os nacionalistas têm para salvar a Europa e o Ocidente em geral.

Afonso de Portugal disse...

«Na forma e no estilo, Trump é, de facto, um fenómeno único na história. Já houve outras revoluções nacionalistas no passado, mas esta é diferente por inúmeros motivos. O Trumpismo inaugurou uma nova época para todos os partidos e movimentos nacionalistas e nós agora temos de aproveitar o balanço, pois isto pode muito bem ser a última oportunidade que os nacionalistas têm para salvar a Europa e o Ocidente em geral.»

Excelente análise! É exactamente assim que eu também vejo a actual situação. O Nacionalismo tem falhado nas últimas décadas porque não tem conseguido competir com a oposição no plano sociocultural. Trump conseguiu quebrar essa barreira histórica apelando, por um lado, às preocupações imediatas do povo que o elegeu mas, por outro lado, utilizando o poder das fontes de informação alernativa para disputar o monopólio mediático aos globalistas.

Esta é uma lição muito importante que todos os nacionalistas têm de aprender: para chegar ao coração do povo, é necessário influenciar a narrativa vigente... e isso só se consegue recorrendo a veículos que cheguem a muitas pessoas, como as redes sociais.

João José Horta Nobre disse...

«Esta é uma lição muito importante que todos os nacionalistas têm de aprender: para chegar ao coração do povo, é necessário influenciar a narrativa vigente... e isso só se consegue recorrendo a veículos que cheguem a muitas pessoas, como as redes sociais.»

Agora o Afonso veja a revolta que eu sinto quando alguns filhos da puta dizem que eu não faço nada pelo Nacionalismo. Loool, eu que até sou um dos nacionalistas em Portugal que mais luta dá nas redes sociais! É ridículo alguém vir-me dizer que eu não faço nada pelo Nacionalismo. Até porque voto no PNR quando há eleições e isso é mais outra prova de que não fico como uma lesma sentada no sofá no dia das eleições, ao contrário de muitos nazionalistas do raio que os parta.

Afonso de Portugal disse...

Mas quem são esses "nacionalistas" que dizem que o caro JJHN não faz nada pelo Nacionalismo?

João José Horta Nobre disse...

A merda da Santonete e companhia limitada...

Afonso de Portugal disse...

Ah, pois, eu já desconfiava... Mas, caro Mestre Nobre, isso só pode ser um motivo de orgulho para si! Quem, garantidamente, nunca fez nada pelo Nacionalismo foram esses anormais nazis, que têm os seus blogues às moscas, quando têm blogues!

Ainda hoje passei pela página do Facebook do PNR e estavam lá dois antifas a postar notícias sobre agressões levadas a cabo por skinheads violentos! É este o verdadeiro legado dos Santons e de outros filhos da puta do género: dar mau nome ao Nacionalismo e afastar o nosso eleitorado! Cague nesses montes de merda.

P.S. Vi os seus comentários recentes no blogue do Pedro Coimbra e achei por bem contribuir. Vamos lá ver se ele aprova...

João José Horta Nobre disse...

Eu só tinha curiosidade era em descobrir a verdadeira identidade aquele tal "Renato Santon". O tipo realmente já merecia um artigo a expor o nome verdadeiro dele...

«Ainda hoje passei pela página do Facebook do PNR e estavam lá dois antifas a postar notícias sobre agressões levadas a cabo por skinheads violentos! É este o verdadeiro legado dos Santons e de outros filhos da puta do género: dar mau nome ao Nacionalismo e afastar o nosso eleitorado! Cague nesses montes de merda.»

Não é surpresa nenhuma que os skinheads e neo-nazis arrasaram por completo a imagem pública do PNR e criaram um estigma negativo em relação a esse partido, que custa muito a sair. Acredito que o PNR, se não fosse os problemas que houve com skinheads no passado, podia ser hoje um partido muito maior e com mais apoio.

A Le Pen em França percebeu muito bem os problemas e prejuízos que essa gente provoca e por isso mesmo é que tratou de correr com eles o mais rapidamente possível da Frente Nacional. Os que não foram corridos, já sabem que se quiserem continuar na FN, têm de ser discretos e não dar problemas, caso contrário, vão para o olho da rua...

É que o Afonso não tenha dúvidas: a forma mais fácil de os nacionalistas perderem eleições e afastarem eleitorado, é ligando-se a neo-nazis e skinheads. Isso é dar um tiro no pé de todo tamanho...

«Vi os seus comentários recentes no blogue do Pedro Coimbra e achei por bem contribuir. Vamos lá ver se ele aprova...»

Eu já vi, ainda não tive tempo de responder, mas hei-de lá chegar...

Afonso de Portugal disse...

João José Horta Nobre disse...
«Não é surpresa nenhuma que os skinheads e neo-nazis arrasaram por completo a imagem pública do PNR e criaram um estigma negativo em relação a esse partido, que custa muito a sair. Acredito que o PNR, se não fosse os problemas que houve com skinheads no passado, podia ser hoje um partido muito maior e com mais apoio.»

Eu também estou convencido disso! Foi um erro estratégico muito grande o PNR ter-se associado à Frente Nacional nos seus primórdios. Enchiam as manifestações, mas o povo que assistia só via gente de cabeça rapadas com suásticas tatuadas e um ar alucinado! E o pior é que depois o partido ficom refém dessa gente. O Sr. Hamsun chegou a contar-me um episódio muito perturbador que se passou há muitos anos entre dois ex-dirigentes do PNR. E se a isso juntarmos aquilo que se pode ler no blogue "nacionalistas contra a delinquência", ficamos com um quadro muito negro dos primeiros tempos do partido.

Aliás, desconfio que, ainda hoje, há muita gente no nacionalismo que tem medo do Mário Machado e dos seus comparsas, mesmo depois de ele terem passado tantos anos na prisão.


«Eu só tinha curiosidade era em descobrir a verdadeira identidade aquele tal "Renato Santon". O tipo realmente já merecia um artigo a expor o nome verdadeiro dele...»

Merecia, sim! Ele fez de tudo para acabar com os nossos blogues, chegou até a celebrar o encerramento do TU! Houve uma altura em que eu estava decidio a apanhá-lo, mas o cabrão percebeu de alguma forma e praticamente deixou de vir aqui durante mais de um mês. Infelizmente, apesar de eu ter comigo um dos IPs que ele usou quando aqui veio, não tenho forma de confirmar a identidade dele em definitivo, até porque os IPs brasileiros têm o mesmo defeito dos IPs portugueses: só as autoridades podem solicitar ao ISP a identidade dos clientes residenciais.

João José Horta Nobre disse...

«E o pior é que depois o partido ficom refém dessa gente.»

Eu sei que o PNR não tem culpa. No fundo, foi sequestrado e como era um partido muito pequeno e com pouca força a todos os níveis, facilmente acabou tomado pela gente errada. Mas que os danos foram graves e quase irreversíveis, lá isso foram e o PNR esteve muito perto, a meu ver, de poder mesmo vir a ser ilegalizado por causa dessa loucura toda a que esteve associado.

«E se a isso juntarmos aquilo que se pode ler no blogue "nacionalistas contra a delinquência", ficamos com um quadro muito negro dos primeiros tempos do partido.»

É aterrador! Já imaginou o que é o cidadão comum ler uma coisa assim? Por isso é que eu penso que o PNR devia de mudar de nome, cores e símbolo. Fazer uma alteração total da imagem, uma renovação estética completa, precisamente para se desligar desse passado negro e começar de novo, com a cara bem lavada.

«Aliás, desconfio que, ainda hoje, há muita gente no nacionalismo que tem medo do Mário Machado e dos seus comparsas, mesmo depois de ele terem passado tantos anos na prisão.»

Como é óbvio... Essa gente é completamente louca. Nunca se sabe aquilo de que poderão vir a ser capazes e eu muito honestamente não acredito que seja possível reabilitar pessoas assim.

Vamos ser honestos: uma pessoa que se veste e anda com suásticas e a fazer saudações nazis pelas ruas, não é boa da cabeça. Não é uma pessoa com o mínimo de noção da realidade e gente assim é sempre perigosa, por mais que digam que não.

Afonso de Portugal disse...

João José Horta Nobre disse...
«É aterrador! Já imaginou o que é o cidadão comum ler uma coisa assim? »

Já!!! É precisamente por isso que eu faço questão de denunciar os nazionaliztaz e aqueles que, a coberto do nacionalismo, praticam a delinquência! É urgente que nos demarquemos do nazismo puro e duro, bronco e arruaceiro.

E digo-lhe muito sinceramente, caro JJHN: às vezes, até me pergunto se os nazis não serão pagos para fazerem o que fazem, tal como os antifas... parece-me francamente impossível que estas pessoas não compreendam o enorme estrago que fazem à imagem do Nacionalismo com o seu discurso, atitudes e crimes!


«Por isso é que eu penso que o PNR devia de mudar de nome, cores e símbolo. Fazer uma alteração total da imagem, uma renovação estética completa, precisamente para se desligar desse passado negro e começar de novo, com a cara bem lavada.»

Se devia, caro JJHN!... Infelizmente, não sei se isso será legalmente possível. Houve um conjunto de pessoas de direita que, há meia-dúzia de anos atrás, tentaram fundar um partido alternativo ao PNR, o Partido da Liberdade (PL). Recolheram as assinaturas necessárias, mas o Tribunal Constitucional chumbou-lhes repetidamente os estatutos alegando "perigo de discriminação racial". A elite está sempre à espreita de uma oportunidade para cair em cima dos nacionalistas e ilegalizar as nossas actividades...


«Essa gente é completamente louca. Nunca se sabe aquilo de que poderão vir a ser capazes e eu muito honestamente não acredito que seja possível reabilitar pessoas assim.»

Eu também não. Até poderá ser possível reabilitar um ou outro, mas a maioria deles é efectivamente irrecuperável. Vêem o mundo a preto e branco, mas um preto e branco verdadeiramente caricatural. Acreditam que o mundo se pode mudar de repente, quase do dia para a noite, e que um punhado de pessoas pode fazer uma grande diferença sem conhecer os meandros da política e o submundo do tráfico de influências!

A velha máxima "go with the system, not against the system" não lhes diz nada. E isso, a mim, diz-me imediatamente que estas pessoas nunca cresceram. Vivem num mundo de lendas e de guerreiros, onde tudo se resolve com mais uma batalhazita, mais uma matança ou mais um revolução... mentalmente, eles são como aqueles adolescentes imberbes que passam o dia enfiados em casa a jogar videojogos e confundem o mundo com a realidade virtual!


«Vamos ser honestos: uma pessoa que se veste e anda com suásticas e a fazer saudações nazis pelas ruas, não é boa da cabeça. Não é uma pessoa com o mínimo de noção da realidade e gente assim é sempre perigosa, por mais que digam que não.»

Exactamente! O grande objectivo dos nacionalistas deve ser apelar às pessoas. Mas como é que alguém pode seriamente dizer que quer apelar às pessoas coberto de suásticas e símbolos nazis, enquanto diz abertamente que os pretos são todos uns fdp e que o Hitler é que tinha razão?!

Eu não entendo, muito sinceramente! Mas também já desisti de entender. Aqui que tem razão é a Marine Le Pen: as pessoas tóxicas têm de ser afastadas do movimento, ponto final!