quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

E em França, continua a dança... (2)


    Um muito obrigado! ao Fuas Roupinho por aqui ter trazido este vídeo exótico, diverso e vibrante que nos enriquece os olhos, os ouvidos e a alma!!! Para quem eventualmente não perceba do que se trata, são alguns dos protestos que estão a ser feitos um pouco por toda a França na sequência da enrabadela que levou o "jovem" Théo. Como é que alguém pode ver este vídeo e não gostar de imigração?...


____________________
Outras do Francostão:

Sobre as diferenças no tratamento dado pelo Estado "franciú" aos nativos gauleses e aos alógenos
O inenarrável Manuel Valls quer um Erasmus euro-africano!
Bem-vindos à Europa (5)...  
Presidente da Câmara de Béziers (França) enfrenta quatro vigaristas me(r)diáticos
Adepto da "religião da paz" quis ir cultivar-se ao museu do Louvre...
Twilight Zone da diversidade: muslos esfaqueiam enriquecem crianças chinocas
Diversidade vibrante: "faquir" mostra as suas habilidades no metro de Paris!
A "selva" de Calais transferiu-se para Paris!
Em França: mais um muçulmano preso por planear um ataque terrorista
E enquanto dormíamos esta noite... mais um ataque terrorista islâmico em solo ocidental!
Para a posterioridade: a galeria dos "enriquecedores" de Paris
Três vídeos que vale a pena ver (12): os atentados terroristas islâmicos de Paris
O que é realmente preciso entender sobre Paris...
Hoje em França, amanhã em Portugal?
Paris, 13 de Novembro de 2015
Adieu, Calais! General francês detido por protestar contra a iminvasão do seu país
Manifestação em Calais acaba em confrontos com a polícia aos serviço da superclasse mundialista
Neomarxistas ingleses enfrentam habitantes de Calais
Invasão alógena interrompe tráfego no túnel da Mancha
Manifestante de Calais interrompe conferência de imprensa do traidor Nelo
«A França já não é francesa!»
E em França, continua a dança...

5 comentários:

João José Horta Nobre disse...

Cada vez melhor!

João José Horta Nobre disse...

«são alguns dos protestos que estão a ser feitos um pouco por toda a França na sequência da enrabadela que levou o "jovem" Théo.»

Se isto continuar assim como se pode ver no video, vai haver muitos "jovens" Théos a serem enrabados a curto prazo. A canalha anda a pedi-las e não é pouco...

Afonso de Portugal disse...

Gostava de poder concordar consigo, caro JJHN. Mas os franceses têm feito justiça à sua fama mundial de "covardes comedores de queijo". Receio bem que, enquanto o Nacionalismo não chegue ao poder, os "jovens" vão continuar a agredir e a vandalizar impunemente...

João José Horta Nobre disse...

«Mas os franceses têm feito justiça à sua fama mundial de "covardes comedores de queijo".»

Não sei se o Afonso já conhece, mas havia uma piada que corria entre os soldados americanos na Segunda Guerra Mundial que dizia que os tanques franceses tinham seis mudanças e todas eram para fazer inversão de marcha...

Afonso de Portugal disse...

Ahahahahahh... muito boa! Por acaso não conhecia! :)

Mas conheço uma história verídica que vi em tempos no canal História: quando os nazis invadiram a França, a maioria das armas de artilharia pesada do exército francês estava virada para Ocidente, já não me lembro porquê. A invasão alemã foi tão rápida que muitos dos aquartelamentos franceses foram apanhados de surpresa e nem sequer tiveram tempo de virar as armas no sentido certo, para Leste, de onde vinham os alemães.

Ora, num aquartelamento algures em Nancy (nunca me esqueci do local, porque "nancy" em inglês quer dizer maricas) alguns soldados ter-se-ão apercebido da vinda dos alemães e foram avisar o seu comandante, que lhes terá respondido, muito calmamente: «E vocês querem o quê? Virar as armas e combater?»

O mais trágico de tudo: a França foi o modelo sociopolítico de referência para grande parte da classe política portuguesa da geração de Abril; isso explica, em grande parte, a predominância do pensamento de esquerda na nossa sociedade. E, muito provavelmente, também explica a resignação passivo-agressiva do nosso povo.