terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Putin ridiculariza acusações de espionagem russa sobre Donald Trump


«O Presidente russo, Vladimir Putin, ridicularizou esta terça-feira este Martes informações da imprensa norte-americana que dão conta que a Rússia teria espiado o futuro Presidente norte-americano, Donald Trump, afirmando que os seus serviços secretos não vigiam todos os milionários norte-americanos.

O pesadelo dos globalistas!

«"Quando Trump veio a Moscovo (em 2013)... não era nenhuma figura pública da política", disse Putin em conferência de imprensa. "Alguém pensa que os nossos serviços especiais perseguem todos os bilionários norte-americanos? Claro que não, é completamente ridículo", realçou. 

O dossiê sobre Trump, sublinhou Putin, é uma resposta do Presidente Obama para "minar a legitimidade do Presidente eleito", apesar da sua "vitória convincente". Questionado sobre o dossiê que dá conta das actividades sexuais de Trump num hotel de Moscovo, Putin classificou-o de "falso" e acusou as pessoas que encomendaram o documento de serem "piores que prostitutas".»

2 comentários:

Bilder disse...

Consta que foi(segundo relatos da bbc vejam bem)o Bush mais novo a encomendar o serviço(porque não me espanta nada?).

Afonso de Portugal disse...

Não seria de admirar... no fim de contas, tanto o clã Bush como o clã Clinton obedecem aos mesmos patrões!