domingo, 29 de janeiro de 2017

Estatísticas vibrantes (2): emprego e criminalidade nos países do Norte da Europa


Aqui ficam dois gráficos muito interessantes que fui buscar aqui:

Gráfico #1: crime violento (à esquerda) e roubo (à direita) por nacionalidade dos criminosos, usando dados da Noruega e da Finlândia:




Observações: os imigrantes do terceiro-mundo, em especial aqueles oriundos de países muçulmanos, dominam as estatísticas do crime violento. Repare-se no caso curioso da Suécia, que aparece bem acima da média europeia... serão mesmo suecos ou antes "suecos"?


Gráfico #2: taxa de emprego por nacionalidade na Dinamarca, na Noruga e na Suécia:





Observações: os imigrantes do Iraque, da Somália e da Síria têm taxas de emprego inferiores a 50% em todos os três países de acolhimento! Os afegãos estão um pouco melhor, mas ainda ficam abaixo dos 60% em todos os três países. Só os alemães conseguem chegar perto dos níveis de emprego dos nativos... e só para o caso da Noruega. Na Suécia, o país mais imigracionista da Europa, os níveis de emprego dos nativos estão muito acima dos níveis de emprego alógenos: os bósnios são os que estão mais perto, estando mesmo assim a mais de 10 pontos percentuais de diferença!

O Doutor Adam Perkins, que partilhou estes dois gráficos na sua conta do Twitter, conclui:

«A interdição imposta por Trump faz sentido em termos de capital humano: as pessoas vindas dos países interditados tendem a estar sobre-representadas nas estatísticas do crime e do desemprego.»

____________
Ver também:

Estatísticas vibrantes: na Alemanha, os refujiadistas cometeram 780/dia nos primeiros 6 meses de 2016!
Escolhem-se nomes cada vez mais exóticos em Portugal58% das mulheres alemãs afirmam que já não se sentem seguras nas ruas da Alemanha
Black Pigeon Speaks: «As mulheres não pagam impostos!»
Mais uma sondagem deprimente (4): em Portugal, a pérfida bruxa Hilária venceria por larga margem!
Deprimente: Portugal é o país onde o papa Francisco tem mais popularidade!
Sobre a confiança dos norte-americanos nos seus grandes mé(r)dia
Mais uma sondagem esclarecedora...
O legado do mulato e Nobel da Paz Merdama: homícios nos EUA aumentaram 11%, só em 2015!
As cidades mais violentas do mundo em 2015
Maravilhas do socialismo posto em prática: quase 30 mil mortos na Venezuela por "crime violento"
Estatísticas deprimentes: Portugal é o 4.º país da UE que mais recebeu refugiados
Entre 2007 e 2013, a nacionalidade portuguesa foi atribuída a 253 mil imigrantes!

5 comentários:

Anónimo disse...

Emprego? para que? colocar essa malta nos táxis para levar as mulheres para sítios manhosos e viola-las ou roubar turistas? colocá-los nos aeroportos para termos mais terminais a explodir e aviões a cair misteriosamente? colocá-los a motoristas de transportes públicos para atropelarem multidões? NÃO OBRIGADO

Ass: FdT

Afonso de Portugal disse...

Pois... a questão é mesmo essa. O que fazer a estas pessoas para que elas possam produzir alguma coisa de útil e, ao mesmo tempo, mantermos o resto da poplação segura? Isto partindo do princípio de que elas querem trabalhar, o que também é altamente discutível... :|

Leitora disse...

Trabalhar pra que, se podem roubar ou ganhar benefícios do "Estado"? Na mente deles não faz sentido.. E puxa, justo os somalis são os q menos trabalham? Q estatística raxista ! Pode parecer q certas raças são mais preguiçosas q outras, o q é um esteriótipo falso, muito falso! Eles são até mais vibrantes !

Anónimo disse...

Tenho aqui estes dados de 2015 recentes sobre a Alemanha, o problema é que estão e alemão.
https://www.destatis.de/DE/Publikationen/Thematisch/Bevoelkerung/MigrationIntegration/AuslaendBevoelkerung.html

https://www.bka.de/SharedDocs/Downloads/DE/Publikationen/PolizeilicheKriminalstatistik/2015/Standardtabellen/Tatverdaechtige/tb62_TatverdaechtigeNichtdeutscheStraftatenStaatsangehoerigkeit_excel.xlsx?__blob=publicationFile&v=2
Basta traduzir a pagina do primeiro site e sacar os pdfs, dá para se perceber algumas partes.
Geraldo

Afonso de Portugal disse...

Leitora disse...
«Trabalhar pra que, se podem roubar ou ganhar benefícios do "Estado"? Na mente deles não faz sentido... »

O mais surreal é que alguns deles admitem isso mesmo! A tal ponto chega sua cara-de-pau! Por exemplo:

http://www.barenakedislam.com/2017/01/30/finally-a-somali-muslim-freeloader-pretending-to-be-a-refugee-in-germany-comes-clean/


«E puxa, justo os somalis são os q menos trabalham? Q estatística raxista ! Pode parecer q certas raças são mais preguiçosas q outras, o q é um esteriótipo falso, muito falso! Eles são até mais vibrantes !»

Pois é... a Senhora Realidade ainda tem muitos preconceitos! Precisa de ser reeducada! :)

Geraldo disse...
«Tenho aqui estes dados de 2015 recentes sobre a Alemanha, o problema é que estão e alemão.»

Obrigado! Prometo passar uma vista de olhos para ver se há alguma coisa interessante...