sábado, 3 de dezembro de 2016

Notícia muito importante: a 'Floribela' está desiludida com os homens, pá!


     Diz o Correio da Mamã que "o falhanço do seu casamento da Luciana Abreu com o [pretinho] Yannick Djaló fez com que a actriz e cantora deixasse de acreditar no amor." Epá, alguém tem de explicar aos editores do Correio da Mamã que os casamentos multirraciais nunca dão errado, pá! O que aconteceu é que a Luciana Abreu é uma g'anda racista que não soube compreender a opressão sistémica que o pretinho Djaló sofreu e continua a sofrer às mãos do horrível homem branco!!!

'Floribela': de nada lhe valeram os implantes de silicone, o Djaló agarrou-se a outras coisas...

E assim termina mais uma história típica da mestiçagem europeia: uma bimba loirinha e de olhos azuis apaixona-se pela 'masculinidade' troglodita de um 'garanhão' afro que apenas consegue exprimir-se através de monossílabos. Os dois vivem um amor impossível aos olhos da nossa sociedade racista e intolerante que persegue todos aqueles que ousam amar quem é diferente! Que aventura, que odisseia!!! 

Claro que depois, a realidade bate à porta e as diferenças socioculturais acabam por prevalecer. Nada que impeça que, entretanto, tenho sido produzidas duas filhotas mestiças que vão crescer sem pai (outra história típica dos blacks, que até deu origem àquela anedota: "Qual é o dia do ano que mais confunde a malta lá no gueto? O dia do pai, iou!"), o que certamente as vai deixar muito felizes, porque os homens só fazem asneiras, pá!

Entretanto, a moça ficou tristinha e 'deixou de acreditar no amor'. Não  haverá para aí outro 'macho' afro que queira cobrir a Luciana? Vá lá, "once you go black, you never go back", certo? Ou será antes "once you go black, we don't want you back"?

6 comentários:

CENSURADO AGAIN disse...

DIREITA: ELA É MESTIÇA

Afonso de Portugal disse...

É claro! Só não vê quem não quer, cara!

Anónimo disse...

O mais grave é mesmo a badalhoca ter contribuido para o genocidio branco isso é que é triste, mas digo e repito, a culpa nao é dela nem das outras gajas e gajos que se misturam, a "culpa" é do sistema que permitiu que os brancos(as) estejam cada vez mais em minoria no meio da multidao de negros e mulatos na sua propria Europa. É obvio que nestas condicoes a mistura vai acontecendo, cada vez mais, em todo o lado.

Ass: Filho da Truta

Afonso de Portugal disse...

Concordo em geral com o que disseste, mas também acho que a culpa é deles(as)! Em tempos, tive uma colega na faculdade que se orgulhava de ter tido um namorado preto porque, nas suas próprias palavras, isso "deixava os brancos todos frustrados"! Escusado será dizer que deixou de ser minha amiga...

Esta atitude é muito comum nas pessoas que se juntam aos invasores. Julgam-se superiores a nós porque "o amor deles venceu o racismo"! São escumalha, prostitutas do mais reles e miserável que há, gente que renegou a sua própria família e sente orgulho por isso!

Anónimo disse...

"mas também acho que a culpa é deles(as)! Em tempos, tive uma colega na faculdade que se orgulhava de ter tido um namorado preto porque, nas suas próprias palavras, isso "deixava os brancos todos frustrados"! Escusado será dizer que deixou de ser minha amiga"

Sim claro mas o que eu quero dizer é que se não tivessem deixado a negralhada entrar e multiplicar-se sem restrições essas badalhocas e outras que não o fazem propositadamente mas lá se envolvem com um qualquer "Pelé" desta vida, não iam ter tantas oportunidades para o fazer. É como ires ao supermercado e não haver arroz, se não há arroz mesmo que até queiras muito comer arroz comes massa. E se fizessem muita questão em não comer massa apanhavam o avião e íam para Africa ou America do sul, e que fizessem "boa viagem"!

E em relação ás badalhocas muitas juntam-se aos Pelés desta vida pois é uma forma de matarem 2 coelhos com uma só cajadada: Ficam numa situação financeira confortável com o dinheiro do Pelé e ainda ganham fama e aparecem nas revistas etc por andarem com indivíduos de etnia alogena como as Kardashian. O esquema é este.

Anónimo disse...

Já agora foi o "Filho da Truta" que escreveu o comentário não assinado, esqueci-me da assinatura :)