segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Alterações à linha editorial do TU


   Caríssimos! Agora que o glorioso ano de 2016 entrou na sua semana final, tomei uma decisão importante. Ao longo do último ano, tenho estado a monitorizar os acessos ao TU e cheguei à conclusão, tomando como referência o tempo que a maioria de vocês passa em cada posta, de que a maioria de vocês não lê nem metade daquilo que eu escrevo. Desconfio que é assim em quase todos os blogues e talvez isso explique em grande parte o declínio do Blogger ao longo dos anos: as pessoas preferem cada vez mais as redes sociais como o Facebook, onde a informação é dada de uma forma muito mais resumida e instantânea.

Não me estou a queixar, é evidente que vocês têm todo o direito de ler apenas aquilo que vos interessa. Mas parece que o motivo pelo qual vocês vêm aqui tem mais a ver com as notícias que eu divulgo do que com aquilo que eu digo sobre elas.  Assim sendo, decidi que vou deixar de escrever postas longas, limitando-me a divulgar o maior número de notícias que puder. Por outras palavras, vou fazer deste blogue uma espécie de Twitter, publicando muitas mais postas por dia mas, em geral, muito mais curtas. Haverá uma ou outra excepção quando a gravidade ou pertinência da notícia o justificar. Dentro de momentos perceberão melhor o que quero dizer. Até já!

5 comentários:

Bilder disse...

Ora aí está uma opção inteligente,essa foi também a minha decisão(até porque não tenho tempo para grandes textos opinativos) desde há alguns anos,optei pelo "curto e grosso" deixando as conclusões para quem lê/vê os posts(inclusive deixando links para a info ser averiguada por quem quiser pensar fora da "caixa" e dar-se ao "trabalho" de pesquisar,mesmo que isso leve as pessoas para fora dos meus blogs).

Ivan Baptista disse...

Acho mal Afonso, acho que deveria de continuar a escrever como tem andado a escrever sobre as noticias, acrescentando algo mais, com um conteúdo mais elaborado nos seus temas. Até porque há noticias que por si só, são apenas uma repetição dos mesmos temas. Chega-se a um ponto, que até se torna saturante publicar e ou saturante ler os mesmos clichés, que são muito cópia da cópia da cópia das mesmas noticias!
Se apostar em noticias sobre o mesmo tema, o melhor a fazer é apostar em poucas, mas mais elaboradas, ou então caso queira postar muitas ao mesmo tempo, ao menos que sejam diferentes ou com algum interesse .
Seja fiel a todos os seus leitores, e acima de tudo, fiel ao seu estilo. Até porque o seu blog é feito por si e não exclusivamente feito só por comentários de alguns leitores que postam no seu blog. Aposto que há mais leitores do que comentadores no seu blogue.

Afonso de Portugal disse...

Bilder disse...
«Ora aí está uma opção inteligente,essa foi também a minha decisão»

Bem, se for mesmo inteligente, a audiência do TU vai subir com o tempo. Se não for, vai ficar na mesma ou até descer! Vou avaliar o resultado durante o próximo ano e, no final de 2017, digo qualquer coisa. Uma coisa é certa: se as pessoas em geral não lêem o que escrevo, então não faz sentido continuar a escrever. Se nos pagassem para isso, ainda vá que não vá, agora assim...


Ivan Baptista disse...
«Acho mal Afonso, acho que deveria de continuar a escrever como tem andado a escrever sobre as noticias»

O problema é que estou a perder muito tempo e a audiência do TU praticamente não tem subido, caro Ivan. A ideia de se ter um blogue é chegar às pessoas, mas em quase 4 anos de blogue a minha audiência cativa (pessoas que vêm ao TU pelo menos uma vez por semana) ainda não chega sequer a 30 pessoas. Mas não se preocupe, caro Ivan, estou apostado noutra forma de fazer passar a mensagem: os vídeos. Embora eu não goste lá muito de ouvir a minha voz, vou experimentar publicar alguns vídeos para ver como é que o público reage.


«Aposto que há mais leitores do que comentadores no seu blogue.»

Sim, há pessoas que vêm aqui muitas vezes mas que nunca comentaram. No entanto, eu tenho uma ideia mais ou menos precisa dos leitores que passam por aqui diariamente e posso garantir-lhe que são muito poucos. Há dias em que nem sequer passam por aqui 10 pessoas! O problema é que este blogue está prestes a fazer quatro anos e, nos últimos dois anos, a audiência praticamente estagnou. Sinto que é preciso fazer algo, de arriscar e tentar mudar alguma coisa. Mesmo que não resulte, tenho a obrigação de tentar! :)

Anónimo disse...

Eu diria que o problema da audiencia do seu blog ter estagnado nos ultimos anos (o que nao relete a subida do nacionalismo em geral na opiniao publica) está relacionado com o facto de o caro blogueiro ser portugues e escrever em portugues, e sobretudo com a falta de marketing e infelizmente a publicidade é tudo, quem nao aparece é como se nao existisse.

Nao deverá ser certamente por falta de qualidade, pelo menos para os meus standards este blog e a sua forma de comunicacao sao fantasticas, apesar de concordar em parte com a sua auto-critica, por vezes é melhor uma mensagem curta e grossa que uma demasiado extensa, mas isto é uma opiniao de treinador de bancada. Só espero é que nao perca aquele espirito inflamado e aqueles comentarios hilariantes que o caracterizam :)

Por um lado essa falta de audiencia e atenção mediatica é boa pois normalmente o que é "underground" tem mais qualidade do que o que é comercial, por outro lado entendo perfeitamente que o caro queira mais resultados e mais audiencia ao inves de andar a escrever para uma duzia de pessoas, afinal de contas tempo é dinheiro!

Ass: Filho da Truta

Afonso de Portugal disse...

«Nao deverá ser certamente por falta de qualidade, pelo menos para os meus standards este blog e a sua forma de comunicacao sao fantasticas»

Obrigado, caríssimo! :) É um grande elogio que me dá, dado que o FdT é, tendo em conta a qualidade da forma como escreve e das ideias que apresenta, um dos melhores leitores que já tive! :)


«Só espero é que nao perca aquele espirito inflamado e aqueles comentarios hilariantes que o caracterizam :)»

Essa parte vou fazer por manter! O bom humor é um dos ingredientes que todos os blogues de sucesso têm! Até porque, dada a situação em que se encontra o Ocidente, temos mesmo de nos rir para não acabarmos a chorar!


«(...)por outro lado entendo perfeitamente que o caro queira mais resultados e mais audiencia ao inves de andar a escrever para uma duzia de pessoas, afinal de contas tempo é dinheiro!»

A questão é que a minha perspectiva é sobretudo eleitoralista. O meu grande objectivo é dar mais votos ao PNR. E, para tal, tenho de ter uma audiência crescente. Sem isso, mais vale gastar o meu tempo de uma forma mais útil para mim, seja a ler um livro, a trabalhar ou a fazer desporto.