sexta-feira, 11 de novembro de 2016

«A força do sonho» - Reacção do Presidente do PNR à vitória de Donald Trump


Da página de internet do único partido nacionalista português, o Partido Nacional Renovador (PNR):

«Depois do Brexit, a vitória de Trump vem demonstrar que o sonho nunca é grande demais e vale a pena lutar por ele. Contra tudo e contra “todos”, a vitória é possível. Ela só não se concretiza se não se tentar.

O poder estabelecido, o sistema e todo o seu esquema, são incapazes de travar os ventos de mudança da história. Os donos do poder – políticos, comentadores, jornalistas e figuras públicas de serviço – revelam a sua verdadeira face de arrogantes e ordinários. Dizem-se defensores da democracia, fazem das eleições o seu apogeu, mas não hesitam em tratar com atestado de menoridade quem vota em sentido contrário ao seu e tudo fazer para condicionar o sentido de voto das pessoas.

O espectáculo de parcialidade e manipulação noticiosa, proporcionado pelos meios de comunicação social, foi absolutamente vergonhoso. Agora, tal como sucedeu no Brexit, todo esse sistema mafioso e mentiroso tem de «engolir um enorme sapo». Ainda bem! Mas depois, a escumalha mostra a sua verdadeira face de intolerância e totalitarismo, manifestando-se ruidosa e violentamente contra a decisão das urnas. É sempre assim; quando uma eleição lhes corre de feição, “o povo é soberano”, quando lhes desagrada, o ódio mais primário sai à rua.

Eles podem ter uma máquina poderosa. Podem fabricar mitos. Podem fazer campanhas de medo. Podem formatar a mente de muitos. Podem tentar travar a mudança. Mas não podem ocultar definitivamente as evidências e aquilo que as pessoas, cada vez mais, sentem e pensam.

Brexit e Trump, são sinais de que algo está a mudar e a fugir ao controlo dos que nos dominam e ameaçam o Ocidente. São sinal de esperança. Essa mesma esperança, fundada na coragem e na luta, chegará a Portugal, mais tarde ou mais cedo, pela mão do PNR, única alternativa verdadeira a todo um sistema que está gasto e se quer perpetuar, mas a sua corrupção e imoralidade fez apodrecer os próprios alicerces.

O sonho nunca é grande demais, mas só é acessível a quem nele acredita e por ele luta! Os acomodados, os politicamente correctos, os “prudentes”, os servidores do poder instalado, acabarão no lixo da História. Ninguém pára os que comandam o sonho de mudança. E esses são os defensores do modelo nacionalista que irá substituir a aventura suicida globalizadora.»

8 comentários:

Unknown disse...

Avô, reparaste nas imagens que (pelo menos) a tvi usou para retratar o 'descontentamento' popular americano face a vitória do Sr. Trump? As mais rancidas feministas (argola no nariz à vaca incluído..) com coisas escritas na testa e etc... Mostraram que eu visse antes de me enojar três pedaços de filmagem em que as pessoas em cena culpavam o "homem branco", as três de seguida é claro, como é que ninguém percebe a clara propaganda contra nós? De onde veio este martelar "o homem branco" em plena televisão nacional? Enfim, grande abraço.

Unknown disse...

Esqueci-me de assinar avô! -Lattia

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
CENSURADO AGAIN disse...

https://www.youtube.com/watch?v=djx3T9IEc1A

Afonso de Portugal disse...

Lattia disse...
«Avô, reparaste nas imagens que (pelo menos) a tvi usou para retratar o 'descontentamento' popular americano face a vitória do Sr. Trump?»

Confesso que não vi na TVI, mas tenho visto noutros veículos me(r)diáticos... apesar de enojado, não estou surpreendido. O esquerdalho tem uma tradição de guerra cultural que nós não temos. Estão sempre prontos para tomar as ruas de assalto, para espernear e chorar baba e ranho, para insultar a oposição e até para efectivar actos de vandalismo!


«De onde veio este martelar "o homem branco" em plena televisão nacional? Enfim, grande abraço.»

Bem, em rigor, a nossa televisão é um subproduto da televisão norte-americana. Há muitas pessoas que não percebem isso, por não terem acesso ao original, mas quase tudo o que vemos na televisão em Portugal é uma adaptação de programas das televisões americanas. Dos concursos aos telejornais, passando pelos documentários e aos programs de "opinião", tudo tem um fundo de americanice. Aliás, a SIC passou há uns tempos um programa anti-branco que era quase idêntico ao original:

http://totalitarismouniversalista.blogspot.pt/2016/04/sobre-propaganda-absolutamente.html


CENSURADO AGAIN disse...
«https://www.youtube.com/watch?v=djx3T9IEc1A»

Se fossem três brancos a espancar um idoso negro, de certeza que tinha passado em todas as televisões do Ocidente!

Afonso de Portugal disse...

O comentário de 11 de novembro de 2016 às 17:13 foi eliminado por não ter sido assinado.

CENSURADO AGAIN disse...

Se fossem três brancos a espancar um idoso negro, de certeza que tinha passado em todas as televisões do Ocidente!

NO FUNDO NEM VI O VIDEO TODO MAS O CUCK AMA ACHINCALHAR BUCHAS SECUNDARIZADOS PELO PC PRA POUPAR OS DE SEMPRE E LEVOU DELES ENTÃO QUE SE F0DA

Afonso de Portugal disse...

Minúsculas, Caps >:(