quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Donald Trump é o novo presidente dos EUA!


Agora cumpra, Sr. Trump: faça a América novamente grande!

Contra o Partido Democrático da pérfida bruxa Hilária! Contra o Partido Republicano dos clãs Bush e Ryan! Contra os mé(r)dia facciosos! Contra as sondagens tendenciosas (tal como no Brexit!) Contra a alta finança internacional! Contra Hollywood e a indústria do "entretenimento"! Contras as elites académicas, as universidades infestadas por guerreiros da justiça social e de "especialistas bem-pensantes"! Contra o marxismo cultural e o politicamente correcto! Contra os globalistas, contra a imigração de fronteiras escancaradas, contra a islamização e destruição do Ocidente!!!

O Brexit foi uma grande vitória, mas isto é muito, muito maior! É em dias como este que se percebe o quão grande é Democracia, ela que é o veículo por excelência do verdadeiro poder do povo! Porque nisso, os comunas têm mesmo razão: "o povo, unido, jamais será vencido"! E quem for suficientemente humilde para falar ao coração do povo, acabará sempre por vencer a longo prazo! Mas será que é desta que os nacionalistas antidemocráticos aprendem a lição?...

Há muito mais para dizer mas, para já, não tenho tempo. Voltarei a falar da fabulosa vitória do Sr. Trump mais logo. Direi apenas que estou positivamente surpreendido com a humildade que alguns escribas da nossa praça demonstraram hoje em relação à vitória de Trump. Como este aqui, por exemplo, ou estoutro acolá e até aquele mais além, todos hostis a Trump, mas reconhecendo agora a necessidade de olhar para o processo democrático de outra forma. Claro que ainda falta saber se o seu arrependimento é genuíno ou, pelo contrário, não passa de conversa de circunstância.

Não resisto a recuperar um vídeo que já coloquei aqui em tempos. Ann Coulter, a GRANDE Ann Coulter, sistematicamente insultada e ridicularizada pelo esquerdalho (e aqui em Portugal também pela "direitinha" do sistema), previu a eleição de Trump em Junho de 2015. E ainda dizem que as loiras são burras...

6 comentários:

Santon disse...

Essa ganhamos do Bruno do Queixo - o Alucinado -, Trump eleito, quem dizia que os judeus de NY podiam perder essa ?

Bruno Dias disse...

Eu estive com receio que a esquizofrenica ganhasse, porque iria ter o apoio de quase todas as mulheres e das "minorias étnicas", mas Trump la venceu, mesmo contra tudo e todos, esses media que andaram a sujar o nome dele durante meses e a colocar a esquizofrenica num pedestal (nao so os medias americanos mas tambem os nossos) mas venceu sim, como disse o RT, contra o "establishment" mediatico. Grande vitoria contra os globalistas, que viram que ainda ha pessoas que sabem pensar e que não sofreram a lavagem cerebral por parte dos merdia.Agora é ve-los a chorar na internet e a dizer "que o mundo acordou em choque" com a vitoria do Trump ha ha ha
Pá, as loiras nao sao burras isso é racista hahahahaha, mas espera aí, as loiras nao fazem parte das "minorias", logo afinal acho que nao ha problema.
Grande vitoria nossa Afonso, e grande chapada nos globalistas e marxistas de toda a america e da nossa Europa

Anónimo disse...

Dia sublime, os mundialistas pregadores do multiculturalismo traidores estão com uma azia. Ele não é o ideal, mas combateu o politicamente correcto e os lobbies de forma meritória.
Esperemos que se espalhe pela Europa, incluindo Portugal e que o nacionalismo triunfe.

ass. SOriginal

Afonso de Portugal disse...

Bruno Dias disse...
«Agora é ve-los a chorar na internet e a dizer "que o mundo acordou em choque" com a vitoria do Trump ha ha ha»

E que delicioso tem sido! Poucas vezes me ri tanto como hoje! :)


«Pá, as loiras nao sao burras isso é racista hahahahaha, mas espera aí, as loiras nao fazem parte das "minorias", logo afinal acho que nao ha problema.»

Pois! Se é branco e mexe, então é para gozar à força toda!


«Grande vitoria nossa Afonso, e grande chapada nos globalistas e marxistas de toda a america e da nossa Europa»

Sem dúvida! E grande parte do mérito é sem dúvida nosso, dos Nacionalistas. Fizemos um grande trabalho a apoiar o Trump nas redes sociais! Agora há que saborear esta vitória e arregaçar as mangas, porque isto do combate nacionalista nunca pára!


Semente Original disse...
«Ele não é o ideal, mas combateu o politicamente correcto e os lobbies de forma meritória. Esperemos que se espalhe pela Europa, incluindo Portugal e que o nacionalismo triunfe.»

O blogueiro Andrew Anglin, do Daily Stormer, fez hoje uma análise interessante: isto é um passo no sentido certo, não é a conquista final. Julgo que essa é a forma de pensar mais acertada. O grande mérito de Trump é ter normalizado um tipo de discurso que, há apenas um ano atrás, era completamente inaceitável. Agora que o discurso está normalizado, outras portas foram abertas para explorarmos nos próximos meses...

Caturo disse...

Quem diria que a loira «burra» afinal conhece mais o Povo REAL que o grosso da escumalha me(r)diática...

Afonso de Portugal disse...

É verdade! Talvez por ter sentido na pele o "enriquecimento" e as "vibrações" das minorias...