domingo, 9 de outubro de 2016

Black Pigeon Speaks: «As mulheres não pagam impostos!»


    O título do vídeo é evidentemente uma generalização, mas a mensagem é clara: no Mundo Ocidental, a grande maioria das mulheres vive à custa dos homens. Para demonstrar esta realidade, o Black Pigeon Speaks (BPS) usa um relatório de 46 páginas, no qual se descrevem os resultados de um trabalho de investigação realizado na Nova Zelândia. O relatório em causa deita completamente por terra a tese feminista de que as mulheres são oprimidas pelo "patriarcado".



Desde logo, os dados disponíveis mostram que os homens da Nova Zelândia são mais taxados ao longo das suas vidas (taxados mais anos), enquanto as mulheres recebem mais subsídios e apoios do estado. Pior do que isso: os dados revelam que, na Nova Zelândia, as mulheres só começam a contribuir para o Estado Social em termos líquidos (contribuições - benefícios > 0) a partir dos 40 anos, enquanto os homens neozelandeses o fazem logo a partir dos 25 anos! Isto significa que as mulheres descontam apenas durante 16 anos, enquanto os homens descontam 35!

O resultado final desta realidade é que o saldo acumulado dos descontos das mulheres ao longo da sua vida é negativo. Leram bem, é negativo, o que significa que as mulheres, em média, tiram mais ao Estado do que dão!

Estas estatísticas vêm ao encontro de uma tese que o BPS defendeu em vídeos anteriores: «as mulheres em geral não se importam grande coisa com a sua tribo, nação, ou civilização. (...) As mulheres apenas procuram maximizar a probabilidade de terem filhos em boas condições.»

___________
Ver também:

Três vídeos que vale a penar ver (20) : a questão do papel das mulheres no futuro das nações
Traição feminista: um vídeo que todas as mulheres (e alguns homens) ocidentais deviam ver

Sem comentários: