sexta-feira, 30 de setembro de 2016

O resultado do multiculturalismo no Líbano por Brigitte Gabriel


      É realmente estupendo, este vídeo da "islamófoba" (LOL) libanesa Brigitte Gabriel (cujo nome de nascimento é Nour Semaan) sobre a tragédia que se abateu sobre o Líbano, que já foi o único país de maioria cristã no Médio Oriente (67% de cristãos).

A Sr.ª Gabriel explica-nos como a tolerância excessiva dos cristãos libaneses para com os adeptos do credo do "profeta" pedófilo permitiu que os invasores pudessem casar com várias mulheres e ter muitos filhos, vencendo a corrida demográfica em apenas uma geração! A situação agravou-se anos 70 do séc. XX, quando os imigrantes palestinianos vindos da Jordânia se juntaram à comunidade muçulmana no Líbano, que foi o único país da região a aceitar esses "refugiados" na altura. 

Apesar de ser cristã, a Sr.ª Gabriel culpa o modo de pensar cristão pelo sucedido: «Enquanto nós pregávamos o "fazer aos outros como  gostaríamos que nos fizessem a nós", os "refugiados" muçulmanos estavam a declarar-nos guerra!». E acrescenta: «Efectivamente, o começo da chamada guerra civil no Líbano começou numa igreja, quando um muçulmano radical palestiniano invadiu o recinto e começou a disparar sobre os presentes.»

Soa familiar, caros leitores? Se sim, não se preocupem... é que a islamização é apenas um mito! ;)

2 comentários:

Bilder disse...

Mas não se preocupe que os católicos tugas vão fazer filas já em Maio para beijar a mão ao pastor chefe(papa Chico defensor do multi.coiso islamico)incluindo o "nosso" presidente Alucinado Rebelo de Sousa.

Afonso de Portugal disse...

Pois... infelizmente, é aqui em Portugal que o escroque Bergoglio tem mais popularidade! Não admira que sejamos um país tão atrasado...

Quanto ao Marcelinho da "direitinha", eu acho que a realidade é bem pior do que ele ser alucinado, acho que ele é cínico. Mas os PSDzinhos e os CDSzecos andam todos com o pito aos saltos de contentes! Lá está, nós aqui em Portugal só temos "direitinha", não temos praticamente Direita...