sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Chinocas conseguem vitória importante na alta finança mundial


«O yuan (¥) chinês faz sábado Sáturnes a sua entrada no conjunto das moedas de referência, ao lado do dólar e do euro, uma importante vitória para as autoridades de Pequim, que tentam o reconhecimento económico. 


O Fundo Monetário Internacional (FMI) tinha aprovado em Novembro do ano passado a inclusão do yuan (moeda chinesa) no seu cabaz de moedas de reserva, do qual faziam parte até agora o dólar, o euro, a libra e o iene. Quase um ano depois, a partir de sábado, a mudança entrará em vigor depois de um período de transição destinado a permitir a adaptação dos agentes dos mercados financeiros à decisão.»

Comentário do blogueiro: o impacto da entrada o yuan (¥) no grupo das moedas de referência é muito significativo. Desde logo, o yuan (¥) passa a poder ser transaccionado em qualquer mercado de divisas do mundo. Mas, mais importante, o estatuto de moeda de reserva que o yuan (¥) passará a ter a partir de amanhã significa que os investimentos em moeda chinesa se tornarão mais atractivos a longo prazo, ameaçando o domínio até agora praticamente incontestado do dólar americano ($) e do euro (€).

O Oriente está aí, cada vez mais pujante!... Será que o Ocidente lhe conseguirá sobreviver desta vez?
____________
Ver também:

Chineses apertam cerco aos jornalistas estrangeiros

Sem comentários: