segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Ainda sobre os "protestos" de Charlotte...


     No mesmo dia (20-Set-2016) em que o preto Keith Lamont Scott foi abatido a tiro por um polícia que também era preto, também morreram cinco homens brancos às mãos de agentes da polícia norte-americanos!

Moral da história? Black lives matter, white lives don't!

____________
Ver também:

Sobre a violência que está a ser perpetrada por negros e antifas em Charlotte (EUA)
Paul Joseph Watson: «Motins de Charlotte: o que eles não nos dizem»
Paul Joseph Watson: «Muçulmana celebra a extinção dos "alemães de cabelo loiro e de olhos azuis
O Al-Público retoma a sua cruzada (i)moral contra o "raciiiiiiiismooooo"!!!
Na Amadora: PSP apedrejado por "jovens" até desmaiar!
Marxismo Cultural para Totós (5): os brancos têm de ser sempre "os maus"!
"Jovem vibrante" ameaça Donald Trump.

2 comentários:

FireHead disse...

Vamos lá ver... de que raça são os agentes da polícia que abateram estes brancos (não importa se eles eram ou não criminosos)?

Pretos?? Então é racismo! Brancos?? Então é violência policial!

Afonso de Portugal disse...

Não, pá!!! Os polícias pretos nunca podem ser racistas, pá!!! E também não podem ser violentos! Essas coisas são um exclusivo dos polícias brancos, pá!!!!!!!!!!!!!!!

Quando muito, um polícia preto pode ficar transtornado pelo facto de trabalhar com polícias brancos (que são inevitavelmente racistas)... e aí sim, pode abusar um bocadinho da sua autoridade, mas isso não é o mesmo que ser violento! Isso
e simplesmente o descarregar da frustração acumulada de viver rodeado de "privilégio branco"! :P