quinta-feira, 2 de junho de 2016

Paul Jospeh Watson: «Porque é que os "guerreiros da justiça social" se comportam como dementes?»


     Mais um vídeo hilariante do grande PJW! Porque é que os "guerreiros da justiça social" (GJS) se comportam como autênticos dementes? Parece que há uma nova e interessante teoria psicológica acerca do assunto: a maior parte dos GJS cresceu num período em que o trabalho em part-time explodiu, o que fez com que o tempo que as crianças passavam nas creches aumentasse, porque os pais tinham de "se multiplicar" por vários empregos. Ora, como muitas dessas creches estavam sobrelotadas, as crianças tinham de competir pela atenção das educadoras. E a melhor forma de o conseguir era fazer uma grande birra! O problema é que os GJS continuam a fazer birras na idade adulta...

Obviamente, estas teorias têm o valor que têm... mas que este vídeo é muito engraçado, lá isso é!

10 comentários:

João José Horta Nobre disse...

É simples: eles comportam-se como dementes, porque ele SÃO dementes!

FireHead disse...

Também vou colocar este vídeo no meu blogue. Obrigado! :)

João José Horta Nobre disse...

Mais um caso digno de internamento:

https://www.youtube.com/watch?v=ant3MDnjEpU

Afonso de Portugal disse...

João José Horta Nobre disse...
«É simples: eles comportam-se como dementes, porque ele SÃO dementes!»

Eu creio que a situação é muito mais grave do que isso. Alguns são efectivamente dementes, mas outros são hipócritas que perceberam que bater o pé funciona.

«Mais um caso digno de internamento»

Bem, essa criatura pertence definitivamente ao grupo dos dementes! :)


FireHead disse...
«Também vou colocar este vídeo no meu blogue. Obrigado! :)»

Não te esqueças é do "t"... senão o teu "amigo" vai conseguir "provar" que tu és um um "arasado" mental!

Anónimo disse...

https://www.facebook.com/events/1097977196892066/?active_tab=highlights

bora participar

Afonso de Portugal disse...

«O MAM-Portugal foi criado em Janeiro de 2016 com o objectivo de combater e erradicar o especismo e as suas múltiplas intersecções com os demais sistemas de opressão (e.g., sexismo, racismo, capacitismo, xenofobia, heterossexismo, classismo, cissexismo, etnocentrismo, capitalismo e imperialismo). Este movimento surgiu no âmbito de uma rede internacional que tem organizado, desde 2012, a Marcha pela Abolição dos Matadouros em diversos países.»

Olha, olha, fundamentalistas vegetarianos que, não surpreendentemente, falam como guerreiros da justiça social!...

João José Horta Nobre disse...

O Afonso veja aqui esta corajosa "guerreira da justiça social":

https://twitter.com/133760D/status/739160618448609284

Já vi crianças no infantário com mais maturidade...

Afonso de Portugal disse...

Como diz o Paul Jospeh Watson, os GJS nunca superaram os traumas da infância, continuam a querer brincar com a mamã!

A propósito de GJS, o que é que o Mestre Nobre tem a dizer sobre este novo "movimento" pela abolição dos matadouros?

João José Horta Nobre disse...

«A propósito de GJS, o que é que o Mestre Nobre tem a dizer sobre este novo "movimento" pela abolição dos matadouros?»

A resposta a essa pergunta está aqui:

http://historiamaximus.blogspot.pt/2016/06/a-quem-interessa-o-movimento-pela.html

Afonso de Portugal disse...

Então vou dar lá um salto! :)