segunda-feira, 13 de junho de 2016

Brexit D-11: «As mordomias dos eurodeputados»


    Faltam 11 dias para aquele que pode ser o referendo mais importante da nossa geração: o famigerado Brexit, o referendo à permanência ou saída do Reino Unido da (des)União Europeia. Já publiquei aqui no TU treze vídeos que explicam o que está em causa no Brexit:
...E tenciono publicar um novo vídeo sobre o tema todos os dias até ao "dia D", o dia 23 de Junho de 2016.

Hoje trago-vos um vídeo que fui buscar ao excelente blogue do Lura do Grilo, no qual se denunciam as mordomias inacreditáveis de que os eurodeputados usufruem à custa do dinheiro dos contribuintes europeus. Muito do que aqui se conta já foi mencionado no Brexit: o filme, mas este vídeo tem dois grandes méritos: (1) vai ainda mais longe e detalha outros luxos à disposição dos eurodeputados; (2) tem legendas em português, que é para ver se os "especialistas" que andam sempre a dizer que "os portugueses vivem acima das suas possibilidades" conseguem ler e aprender alguma coisa!



Graças a este vídeo, ficamos a saber que:
  • 00m21s Os eurodeputados só trabalham entre 4 a 5 dias por mês. Nos restantes dias, o Parlamento Europeu encontra-se fechado.
  • 00m53s Podemos ver dezenas de carros de alta gama num enorme parque subterrâneo. Estes carros pertencem ao Parlamento Europeu e estão à disposição dos eurodeputados.
  • 02m20s No caso do eurodeputado entrevistado, o seu salário mínimo líquido como eurodeputado era de 6200 € aquando desta entrevista.
  • 02m40s A este valor, podem acrescer 4200 € para "gastos gerais". Não é necessário entregar nem facturas nem comprovativos das despesas efectuadas.
  • 02m53s Um eurodeputado pode dispor de até 21 mil euros por mês para gastar em pessoal.
  • 03m15s Um eurodeputado pode ainda usufruir de um apoios extra por viajar com o seu próprio carro. De Estrasburgo a Bruxelas, por exemplo, a UE reembolsa 0,49 €/km. Mas há outros extras em função da distância percorrida no total e do tempo passado no interior do veículo.
  • 03m57s Existe ainda um bónus diário de 300 € por cada dia em que se entra no Parlamento. 
  • 04m27s Cinco anos de "trabalho" no Parlamento Europeu (PE) dão direito a uma pensão de 1250 € a partir dos 63 anos de idade.
  • 05m05s Os eurodeputados têm direito a aperitivos e bebidas antes das sessões do PE.
  • 05m30s A maioria dos eurodeputados sai do PE ainda antes da hora de almoço, sobretudo se for quinta-feira Joves, mesmo que haja votações e debates durante a tarde.
  • 07m08s Os eurodeputados não têm cantina para almoçar... almoçam em requintados restaurantes de empresas sócias do PE. Podem pedir o que bem lhes apetecer, desde o melhor vinho da casa, até ao marisco mais exótico que esteja disponível.
 Recordo ainda aos meus leitores que, no Brexit: o filme, vimos também que:
  • Nos vários edifícios da UE, incluindo o PE, há lojas comerciais só para os funcionários da UE, salões de beleza, cabeleireiros, salas de manicure e centros de massagem,.
  • Nas várias instituições da UE, há mais de 10 mil pessoas que ganham mais do que o primeiro-ministro britânico.
  • O Parlamento Europeu é o único parlamento jamais inventado onde não se pode nem propor nem aprovar ou reprovar legislação. Tudo isso compete exclusivamente à Comissão Europeia. 
Então, caros leitores... ainda acham que a Europa e as questões ligadas à União Europeia não interessam para nada?

Sem comentários: