sexta-feira, 20 de maio de 2016

Revista esquerdalhista "Salon" volta a insitir na promoção da pedofilia!


     Em Setembro passado, o britânico Paul Joseph Watson denunciou a revista norte-americana Salon, por relativização da pedofilia. A Salon é um publicação online que é antro de "engenheiros sociais" neomarxistas e "guerreiros da justiça social". Os "artigos" publicados na Salon são tão repugnantes que até fazem o nosso Al-Público parecer um jornal decente!

Pois bem, o autor desse artigo asqueroso, de seu nome Todd Nickerson, fez recentemente um vídeo em que "explica" a sua atracção por meninas de cinco anos! Nickerson descreve um episódio da sua vida quando tinha 18 anos e tomava conta de uma menina de 5 anos. Diz o animal que se sentiu tão atraído pela menina que, a certa altura, teve de ir a correr para a casa de banho masturbar-se!...

Felizmente, temos hoje aqui o Paul Joseph Watson, que entrevista o canadiano Gavin McInnes sobre esta autêntica aberração de "ser humano" e a forma como este doente mental está a ser levado ao colo pelo esquerdalho!



Há 30 anos, ninguém achava possível que que os gueis pudessem vir a casar, muito menos a adoptar crianças no Ocidente. O Eng.º Gueterres, por exemplo, o tal fulano que agora quer que Portugal receba montanhas de refugiados, chegou mesmo a dizer, quando era primeiro-ministro do nosso rectângulo, que a adopção de crianças por casais homossexuais era um tema cuja discussão remetia para o foro psiquiátrico.

Quanto tempo será necessário passar até que a pedofilia seja considerada normal? E o que virá depois disso?

____________
Ver também:

Paul Joseph Watson denuncia a crescente relativização da pedofilia nos mé(r)dia ocidentais
Marxismo Cultural para Totós (5): os brancos têm de ser sempre "os maus"!

5 comentários:

Sr. Hamsun disse...

Eu digo isso há muitos anos, é um alerta que faço sempre nas aulas quando se aborda o relativismo, por exemplo. Começa-se lentamente, abrindo caminho a uma e outra aberração, depois caminha-se para o relativismo total. A paneleiragem passou de distúrbio mental a coisa normalíssima no espaço de poucos anos. A breve prazo será a vez de outras aberrações, da pedofilia à necrofilia. Até porque a pedofilia vai de encontro aos desejos de uma das "minorias" preferidas do esquerdalho. Só vejo dificuldades numa legalização da zoofilia e não é por ser uma depravação, mas por causa dos "direitos" dos animais.

Sr. Hamsun disse...

Ah, esse porco, como todos os pedófilos, devia ser enforcado.

João José Horta Nobre disse...

Sobre as relações entre a esquerda e a pedofilia já eu escrevi aqui:

http://historiamaximus.blogspot.pt/2014/04/danny-le-rouge-ou-quando-ser-pedofilo-e.html

http://historiamaximus.blogspot.pt/2014/01/michel-foucault-o-pedofilo-que-uma.html

João José Horta Nobre disse...

ALERTA A TODOS OS NACIONALISTAS:

http://observador.pt/2016/05/20/tribunal-da-relacao-condena-ex-militar-que-acusou-manuel-alegre-de-traicao-a-patria/

Advirto todos os que lerem isto a terem cada vez mais cuidado com o que escrevem na net, porque o "sistema" está a apertar nas perseguições. Desta vez foi esse tenente-coronel, da próxima vez pode ser qualquer um de nós...

Temos de ser mais inteligentes do que o "sistema" se quisermos derrotar o mesmo. Portanto nada de linguagem "desequilibrada" se é que entendem o que estou a dizer.

Eu a partir de hoje vou começar já a ter um pouco mais de cuidado com os adjectivos que utilizo, pois há que ter todos os cuidados e mais alguns contra esta canalha.

Afonso de Portugal disse...

Sr. Hamsun disse...
«Começa-se lentamente, abrindo caminho a uma e outra aberração, depois caminha-se para o relativismo total. A paneleiragem passou de distúrbio mental a coisa normalíssima no espaço de poucos anos. A breve prazo será a vez de outras aberrações, da pedofilia à necrofilia.»

Exactamente! É a tal "longa marcha" preconizada por Gramsci há quase um século e recuperada por várias gerações de marxistas, em particular o traidor alemão Rudi Dutschke. As alterações socioculturais, para serem efectivas, têm de ser processadas por etapas, ao longo de muitos anos. A esquerda percebeu esta dinâmica há quase cem anos. A "direitinha" ainda não a percebeu, provavelmente porque não a quer perceber.

«Até porque a pedofilia vai de encontro aos desejos de uma das "minorias" preferidas do esquerdalho. Só vejo dificuldades numa legalização da zoofilia e não é por ser uma depravação, mas por causa dos "direitos" dos animais.»

E também porque, conforme o Sr. Hamsun bem observou, não há nenhuma "minoria" zoófila.


João José Horta Nobre disse...
«Temos de ser mais inteligentes do que o "sistema" se quisermos derrotar o mesmo. Portanto nada de linguagem "desequilibrada" se é que entendem o que estou a dizer.»

Quando a Francisca Van Dunem tomou posse, sendo a Maria de Lurdes Rodrigues ilibada pouco depois, eu percebi logo que a "justiça" ia voltar a ser forte com os fracos e fraca com os fortes. O seu conselho é absolutamente pertinente, caro Mestre Nobre. Um grande bem-haja!