sexta-feira, 27 de maio de 2016

O mito da "minoria radical de muçulmanos"


    E na sequência do vídeo que vos trouxe aqui ontem, aqui fica o Ben Shapiro (ai, que ele é judeu, pá!) a denunciar a hipocrisia dos islamófilos ocidentais com aquilo que eles mais temem: estatísticas e números concretos!

6 comentários:

Renato Santon disse...

Que muçulmanos alógenos o que, dá uma relembrada nessa seu Afonso, recordar é viver:

https://www.youtube.com/watch?v=p_4v-1pxB2o

O caro compatriota nortenho, bem nórdico, galeáceo, bem a vontade com estas culturas.

Afonso de Portugal disse...

Bem, o Roberto Leal sempre foi uma verdadeira prostituta "artística" e "intelectual"!

Aliás, a mim sempre me surpreendeu o facto de ele ter conseguido singrar aí no Brasil, porque aquilo que costuma acontecer é precisamente o inverso: como o Brasil produz muitos mais "artistas" musicais do que Portugal, os maus costumam vir para Portugal. Exemplo: a canção "O Bicho" do mulato semi-analfabeto Iran Costa, foi um fracasso no Brasil... mas um enorme sucesso aqui em Portugal! Estevee várias semanas nos topo das tabelas de vendas!

O Funk Cariocão também era muito aprecidado em várias discotecas portuguesas durante a primeira década deste milénio, sobretudo nos grands centros urbanos. Felizmente, essa moda enfraqueceu com a crise financeira de 2008 e a subsequente partida de muitos brasileiros.

FireHead disse...

É judeu e até parece que é ortodoxo, embora fisicamente não se pareça com um.

Afonso de Portugal disse...

Nao viste o vídeo... ele próprio diz que é um judeu ortodoxo logo no início! :)

Ivan Baptista disse...


Caro Afonso:

Não diga mal do Roberto Leal e Iran Costa!! Eles até cantam bem, um artista, é sempre um bom artista :)
Amigo Afonso, a musica pimba também é musica .

Cumprimentos

Afonso de Portugal disse...

Eu não digo que não é música, só digo que é má! :)

Abraço!