segunda-feira, 16 de maio de 2016

Entretanto, nos EUA... (6)


    Birmingham é a maior cidade do Estado norte-americano do Condado de Jefferson no Estado do Alabama, com uma área metropolitana total de quase 385 km2 e uma população residente de cerca de 212,2 mil habitantes. Sim, eu sei, também há uma cidade chamada Birmingham em Inglaterra, mas a versão norte-americana é muito mais vibrante: é que a população branca, que representava 57,4% dos habitantes da cidade em 1970, foi gradualmente abandonando a cidade, passando a representar apenas 21,1% em 2010.

Ora, é precisamente nesta cidade maravilhosa, com o seus multiculturalismo e multirracialismo cada vez mais monocolor, que era habitada por 73,4% de negros em 2010 (no Daily Stormer diz-se que o número actual já andará pelos 75%), que podemos encontrar maravilhas que jamais encontraremos em cidades maioritariamente brancas. Como, por exemplo, este magnífico cartaz, repleto de exotismo vibrante:


O cartaz foi colocado pelo reverendo Michael Jordan, que não é o ex-jogador de basquetebol, mas sim o pastor negro da Igreja de Deus da Nova Era Multiculturlista Baptista. O reverendo Jordan explica: «Os nossos jovens negros estão a morrer. Há demasiada atenção aos casos em que um polícia branco mata um homem negro, mas não há qualquer atenção aos casos em que negros matam negros.»

Ámen, reverendo. Mas receio bem que a sua congregação não o queira ouvir... e muito menos os líderes políticos dos Estados Unidos da América, sobretudo os do Partido Democrata, que dependem da vitimização das "minorias étnicas" para obterem os seus votos.

"Once you go black, you never go back!" dizem, em tom de gozo, muitos negros acerca das mulheres brancas que preferem carne fumada, também como forma de afirmação da sua pretensa superioridade sexual sobre os "brancos cornudos que  não conseguem satisfazer as suas mulheres". Pois bem, parece que o chavão também se aplica às cidades...  também Birmingham dificilmente regressará àquilo que foi outrora. Viva a diversidade!

Sem comentários: