terça-feira, 3 de maio de 2016

Entretanto, algures numa universidade norte-americana...


     Parece uma sesssão de exorcismo levada a cabo por uma seita religiosa, mas é apenas uma reunião de "guerreiros da justiça social"! Segundo dizem, "só têm a perder as suas correntes [de escravos, entenda-se]". E também "têm o dever de combater e de vencer"! Daria para rir, não fosse o facto de se ter passado nos auditórios e nas salas de aula de várias universidades da maior potência económica e militar deste planeta...

2 comentários:

João José Horta Nobre disse...

Por aí se vê o ponto a que isto chegou...

Afonso de Portugal disse...

Pois é! Estes pobres escravos têm mesmo de se revoltar!