quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Paul Joseph Watson: «A violação da Europa»


     As férias de Natal custaram-me caro, estimados leitores. Apesar de ter passado os últimos dias a correr de um lado para o outro, ainda tenho uma pilha de assuntos para tratar, o que significa que actualizar o TU vai ter de esperar.

Felizmente, o Paul Joseph Watson não tem parado de fazer o seus cada vez mais fantásticos vídeos. Aqui fica o mais recente, a propósito do que aconteceu na cidade de Colónia (Alemanha) na noite da passagem de ano. A esse respeito, recomendo vivamente aos meus leitores que passem pelos blogues Gladius, História Maximus, Blogue do Firehead, Lura do Grilo e O Regresso da Primavera. Na coluna da direita, pois claro!

6 comentários:

Missy disse...

Bom Ano! Ja sentia falta das actualizações.

Quanto ao post, o engraçado é que durante 5 dias (se não estou em erro) tentaram abafar o caso, mas pelos vistos não conseguiram. Pela sugestão da Mayor só falta mesmo meterem a Sharia law, sempre seria mais seguro! Parece que a facada que ela levou de um refugiado não lhe chegou, talvez se fosse apalpada e abusada a coisa corresse melhor, oh wait talvez até gostasse.

Tudo isto é enervante, junta ao facto que as feminazi andam a puxar a historia que o homem branco alemão também cometia violações já antes disto! (claro porque é todos os dias que se houve falar de 1.000 homens brancos, jovens e trabalhadores que se juntam para violar as senhoras da localidade). As vezes mete nojo ser do mesmo sexo dessas "senhoras" com falta de alguma coisa...

Espero sinceramente que este inferno não chegue cá.

Nacional Liberalista disse...

Estas violações na Alemanha foram uma false-flag do ZOG para desviar as atenções do Judeu...


Está-se mesmo a ver, não está? :)


O pior é que deve haver alguns que acreditam mesmo nisso.

Afonso de Portugal disse...

Nacional Liberalista disse...
«O pior é que deve haver alguns que acreditam mesmo nisso.»

Nem duvides! Aliás, um tema recorrente entre os nazcionalistas é a a existência de uma conspiração em que todos os líderes muçulmanos com algum poder são ou judeus, ou marionetas dos judeus! Alguns vão ainda mais longe e afirmam mesmo que alguns dos protagonistas das manifestações pró-islâmicas são judeus!

Não há nada a fazer. Eu já me convenci que essa malta tem um problema cognitivo qualquer. O melhor é mesmo evitá-los!

P.S.: Eu não me esqueci dos links valiosos que aqui trouxeste há umas semanas atrás. Ainda não tive tempo dos os traduzir, mas vou aproveitá-los!

Afonso de Portugal disse...

Missy disse...
«Bom Ano!»

Obrigado, igualmente! :) E a a propósito, é um prazer "ver-te" por aqui novamente!


«(...)O engraçado é que durante 5 dias (se não estou em erro) tentaram abafar o caso, mas pelos vistos não conseguiram.»

Muito bem observado! Eles bem tentaram esconder, mas desta a vez a dimensão da coisa foi de tal ordem que acabou mesmo por se saber! Agora imagine-se quantos ataques semelhantes ficarão por reportar, por não terem a dimensão e o número de vítimas que estes tiveram!


« (...) todos os dias que se houve falar de 1.000 homens brancos, jovens e trabalhadores que se juntam para violar as senhoras da localidade»

Ehehe... as feministas dizem que há uma "cultura de violação" no Ocidente! Eu também acho que há, só não acho é que essa "cultura" seja Ocidental... é manifestamente muçulmana!


«As vezes mete nojo ser do mesmo sexo dessas "senhoras" com falta de alguma coisa...»

LOL! Como te compreendo, os homens feministas também me dão a volta ao estômago! Mas as pessoas sensatas sabem que não podemos meter tudo no mesmo saco! As frustradas das feministas servem um propósito político concreto, virar as mulheres contra os homens... em percebendo isso, é fácil separar essas aberrações das verdadeiras mulheres!


«Espero sinceramente que este inferno não chegue cá.

Bem, isso ainda só depende de nós! Temos de começar a bater o pé a quem quer cá enfirar esta gente à viva força... e, sobretudo, perder o medo dos "nazis". Está mais que visto que só os partidos como a FN em França, o PVV na Holanda e o PNR por cá estão realmente interessados em fazer alguma coisa em concreto para travar a islamização da Europa. Os outros (Portas, Sarkozy, Rajoy, Cameron...) falam, falam... mas na hora da verdade, nunca fazem nada!

João José Horta Nobre disse...

Obrigado pela partilha do video, divulguei-o no meu último artigo:

http://historiamaximus.blogspot.pt/2016/01/na-belgica-vai-haver-um-curso-para.html

Afonso de Portugal disse...

Disponha! No que concerne ao que eu publico neste espaço, o que é meu é seu! :)