quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Entretanto, na Suécia... (2)


    Um simpático muçulmano de 23 anos explica a vários suecos no interior de um autocarro que ele se sente perfeitamente integrado na sociedade sueca e não tenciona ir a nenhum lado. Viva o multiculturalismo!

5 comentários:

João José Horta Nobre disse...

Esse merdas devia de ser imediatamente deportado. Mas como está na Suécia, um País em ditadura politicamente correcta há cerca de 40 anos, muito provavelmente nada irá ser feito, como já é costume...

Afonso de Portugal disse...

É verdade... mas eu confesso que continuo a ficar surpreendido com a arrogância desta "gente". Vêm viver para os países dos europes, abusar da hospitalidade dos europeus... e ainda ameaçam matá-los! Arre porra, isto é mesmo viver noutro mundo! E este animal que em má hora veio ao mundo ainda se gaba, logo do início do vídeo, de ter uma namorada sueca e de a ter obrigado a livrar-se do seu cão! Que nojo de criatura!!!

Episódios como este só se explicam pela fraqueza crescente do povo sueco, imposta pela ditadura politicamente correcta que o Professor mencionou... a aceitação destes comportamentos aberrantes por parte de tantos populares nunca foi normal na Europa até recentemente! É triste, mas cada vez me convenço mais que isto só pode mesmo acabar num banho de sangue!

João José Horta Nobre disse...

«"É verdade... mas eu confesso que continuo a ficar surpreendido com a arrogância desta "gente".»

Não tem nada de surpreendente, trata-se apenas de um mandamento islâmico, fazer a jihad por todos os meios possíveis e imaginários.

Divulguei o vídeo aqui:

http://historiamaximus.blogspot.pt/2016/01/estamos-viver-ja-um-clima-de-pre-guerra.html

FireHead disse...

Também tenho este vídeo para colocar no meu blogue.

Tenho pena do ex-cão da namorada desse muslo. Não merecia.

Afonso de Portugal disse...

Divulguem, divulguem!... Isso é que é preciso, fazer chegar este género de vídeos ao maior número de pessoas possível!

Quanto ao desgraçado do cão, no meu tempo isso era suficiente para uma mulher cortar relações imediatamente com tal namorado. Mas hoje em dia, parece que é um "bónus"! Quanto mais agressivo e primitivo for um indivíduo, mais as nossas jovens parecem encantar-se!