domingo, 9 de novembro de 2014

Finalmente capturado cigano que matou portuense


«Um jovem conhecido por ‘Rato’ e que mora no bairro de Aldoar, no Porto, foi anteontem apanhado pela Polícia Judiciária, por suspeita da prática de um homicídio, a 13 de Setembro deste ano, no bar Academia de Bilhar Bola 3, em Ramalde.

O suspeito foi detido durante a manhã, à porta da casa da sogra, no bairro do Cerco, e ainda ontem foi ouvido por um juiz no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto. Fica em prisão preventiva. Ao que tudo indica, o suspeito esteve durante as últimas semanas escondido na casa de outro familiar, em Almada, tendo regressado ao Porto já esta semana. Nada disse aos inspectores da Polícia Judiciária sobre o crime. Também não resistiu à abordagem policial.

 A vítima, Fernando Correia, acabou por não resistir aos ferimentos infligidos pelo cigano.


Entretanto, a investigação aponta para um motivo fútil na origem do homicídio. Fernando Correia, de 62 anos, estava com os amigos no café, quando o jovem o esfaqueou, junto ao coração. Os amigos nem sequer se aperceberam de imediato, tendo o jovem tido tempo para fugir.

No café, as testemunhas começaram por garantir não o conhecer. Mais tarde, os inspectores da PJ perceberam que o silêncio era imposto pelo medo, já que o jovem agressor, de etnia cigana, seria temido na zona.

Ainda segundo o CM apurou, a explicação dada pelo jovem a pessoas que lhe são próximas é que estaria alcoolizado e já sob efeitos de drogas. Garante que a vítima mortal estaria a dizer que não gostava de "ciganos" e que por esse motivo o esfaqueou. Fugiu de imediato do local e deitou a faca fora.»

Comentário do blogueiro: mais um português enriquecido pela diversidade multicultural trazida a Portugal pelos iminvasores ciganos, com o beneplácito dos nossos governantes e das nossas elites económica, académica, judicial e mediática... não se esqueçam de agradecer a todos eles, caros leitores, votando PS/PSD/CDS/BE/CDU já nas próximas legislativas!...

____________
Ver também:

No Porto: joelho partido a martelo por causa de dívida de 100 euros
"Portugueses" escravizavam portugueses em Espanha

Sem comentários: