domingo, 9 de novembro de 2014

Em zona altamente africanizada: morto à facada por causa de um pão


«Por causa de um pão, um jovem de 24 anos foi assassinado à facada anteontem à noite, na Reboleira, Amadora. Valter Semedo fazia parte de um grupo de amigos que se reuniu num apartamento de um prédio da praceta da Árvore para conviver e ver os jogos da Liga Europa na televisão. No entanto, pelas 20h00, um dos elementos do grupo foi "expulso" da festa por não ter trazido pão e obrigado a ir a casa buscá-lo. Insatisfeito, Edmilson, de 27 anos, foi a casa, no prédio ao lado, e voltou minutos depois. Tocou à campainha e, quando lhe abriram a porta, atacou a primeira pessoa que apareceu com uma faca de cozinha.»

 A vítima esvaiu-se em sangue e morreu no interior do apartamento onde ocorreu o crime.

«O golpe, certeiro na jugular, deixou a vítima prostrada e a esvair-se em sangue. Quando as equipas do INEM e dos bombeiros chegaram ao local já nada havia a fazer. O óbito foi declarado no local.

O homicida fugiu do local e foi para casa. Quando a PSP bateu à porta, Edmilson abriu. Foi detido sem oferecer resistência. Segundo o CM apurou, a vítima, com ascendência cabo-verdiana, cresceu na Amadora, mas emigrou há vários anos – primeiro para Inglaterra, depois para os Estados Unidos. Tinha regressado a Portugal há cerca de dois meses. O homicida já é um ‘velho conhecido’ da PSP. Saiu da cadeia há menos de um ano depois de cumprir uma pena por crimes de roubo e ofensas à integridade física.

O detido foi entregue à Polícia Judiciária, que prossegue com a investigação.»

Comentário do blogueiro: Valter, Edmilson... estes nomes tresandam a brasucas! De resto, o título da notícia é um bocado enganador porque ao lermos "por causa de um pão" até ficamos com a sensação de que se trata de um caso de privação material. Longe disso, tratou-se apenas de um bostileiro desmiolado que, com aquele típico temperamento luso-tropicalista que tanta gente na Europa vê como "excitante", teve um ataque de fúria e decidiu matar outra pessoa por um motivo absolutamente fútil...

__________________________
Mais brasileiragem em acção:
  

Sem comentários: