quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Nigel Farage denuncia a influência do criminoso Soros e da sua Open Society sobre a União Europeia


     O Paul Joseph Watson já o tinha denunciado no vídeo algumas postas mais abaixo, mas aqui fica mais uma vez: George Soros doou 18 mil milhões de dólares à Open Society, a organização que ele próprio criou para acabar com as fronteiras do Ocidente e genocidar a raça branca (o nome diz tudo).

Mais, a Open Society gabou-se de ter mantido, só durante o ano passado, 42 encontros com a Comissão Europeia! Relembro que os membros da CE não são eleitos, são nomeados arbitrariamente convenientemente pelos governos representados no Conselho da União Europeia, ocorrendo frequentemente a situação absurda de um comissário ser nomeado depois de o seu partido ter perdido as eleições para o Parlamento Europeu! E os grandes mé(r)dia ainda têm a lata de afirmar que a Rússia é que está a pôr em perigo as Democracias ocidentais!!!

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Portugueses Primeiro: «Escravatura - Uma História Mal Contada»


   Aqui fica o mais recente vídeo do movimento Portugueses Primeiro, um dos seus melhores trabalhos até ao momento. Guardem religiosamente uma cópia deste vídeo, caros leitores, que isto é bom demais para se perder, caso a conta de YouTube dos Portugueses Primeiro venha a ser censurada pelo orwellianismo googliano!

Entretanto, no "Brasíu"... (9)


    Um muito obrigado! ao Filho da Truta (FdT) por nos ter trazido aqui mais um episódio fascinante do quotidiano do "país do samba, do futebol e do carnaval":

«Uma adolescente de 16 anos foi morta a tiros, na manhã desta segunda-feira de Lues passado (6 de Novembro), dentro de uma escola em Alexânia, cidade no Entorno do Distrito Federal. O suspeito é um jovem de 19 anos, que foi preso logo após o crime. Segundo um ex-funcionário da escola, que trabalhou no colégio até Janeiro deste ano, o rapaz pulou o muro e entrou na sala da garota já atirando. Raphaella Noviski, aluna do 9º ano da Escola Estadual 13 de Maio, foi atingida no rosto e morreu na hora. 

 A tal escola, com o tal muro que o jovem (ou seria "jovem"?) terá "pulado".

«As aulas já tinham começado quando o atirador chegou à escola. De acordo com a Polícia Militar, ele entrou em três salas antes de encontrar a vítima. Armado com um revólver calibre .32, ele atirou pelo menos sete vezes [notem bem, caros leitores: o tambor de um revólver de calibre .32 só tem capacidae para 6 balas, o que significa que o "jovem" recarregou pela menos uma vez!].

A vítima, Raphaella Noviski.

"Segundo os alunos ele chegou a recarregar a arma, que tem espaço para seis disparos", informou o subcomandante Lima, do 34º Batalhão de Polícia Militar de Goiás. A PM informou ainda que o autor dos disparos disse odiar a garota. Segundo testemunhas, ele queria namorar a menina, que não aceitou o relacionamento. Vítima e atirador eram amigos nas redes sociais.» 

Como podem ver, caros leitores, esta praga dos homens efeminados que não aceitam uma rejeição está a proliferar um pouco por todo o Ocidente. Porque será? Será do Guaraná?... 😝

A horrível opressão do patriarcado heteronormativo do homem branco em dados concretos


Quando terminará esta opressão misógina e intolerável do mulherio "tuga"? Já estamos em 2017, pá!!!
(ainda há-de aparecer aqui alguma feminista irada a dizer que as cores do gráfico são "sexistas"...)

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Paul Joseph Watson sobre a mais recente birrinha dos guerreiros da (in)justiça social


    É oficial: a Esquerda norte-americana entrou em estado de demência colectiva! Vejam só como "celebraram" o primeiro ano de presidência Trump. Traduzido e legendado aquilo pelo vosso blogueiro! 😉

Entretanto, no "Brasíu"... (8)


    Um muito obrigado! ao Filho da Truta (FdT) por nos ter trazido aqui este instantâneo bem colorido do que é a quotidiano no país do "povo irmão":

«Um homem esfaqueou mortalmente a namorada numa paragem de autocarro em São Paulo e feriu uma amiga que estava com ela»


Até aqui, tudo "normal", podia ser uma história passada aqui no rectângulo... mas eis que temos um pequeno 'plot twist':

«Populares que assistiram acabaram por matar o homicida.»


Que vibrante, pá!!! 😁

«José e Elisabete namoraram durante três anos mas ela terminou a relação há cinco meses e ele não aceitava a separação. "Passou a perseguir Elisabete, de modo que a família não mais permitia que ela saísse sozinha", sublinhou o pai da vítima ao portal de notícias da Globo.

Elisabete de Oliveira, de 33 anos, estava acompanhada de uma amiga, de 43 anos. Estavam à espera do autocarro para irem para a universidade quando José apareceu. "Elisabete ficou nervosa e tentou atravessar a rua, mas José foi ao encontro dela", contou a amiga, que foi esfaqueada no braço esquerdo e perto do pescoço quando tentou auxiliar Elisabete.



Os gritos das vítimas chamaram a atenção das pessoas que passavam no local, que acabaram por assistir às agressões e ao homicídio. As imagens gravadas por telemóvel foram divulgadas no WhatsApp. Elisabete e a amiga foram assistidas e transportadas para o hospital, mas a jovem de 33 anos não resistiu e morreu.

José tentou fugir após os esfaqueamentos mas um grupo de populares conseguiu apanhá-lo e espancou-o até à morte.»
 
_______________________
Outras do "povo irmão":

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Um ano de Presidente Trump!


  😂  😂  😂  😂  😂  😂  😂  😂  😂  😂  😂  😂  😂  😂  😂

A valente merda que é a nossa "direita" (3)


   O vídeo que se segue mostra vários momentos de uma visita da actual líder do Centro de Direitinha e Xuxial (CDS-PP) à mesquita central de Lisboa. Infelizmente, não mostra a melhor parte do evento, que é a Cristas com o hijabe enfiado na cabeça e metida numa salinha à parte da mesquita, porque as mulheres não podem estar juntas com os homens! 


____________________________
Outras da direitinha merdosa:

A nossa "direitinha" modernaça: paz e amor, bródas!
Um homem da "direitinha", pois claro!
A valente merda que é a nossa "direita" (2)
A valente merda que é a nossa "direita"
Da nova cruzada da "direitinha tuga"...
E por falar em 'fake news'...
Marcelo "saúda calorosamente" os muçulmanos em Portugal!
Marcelo volta à mesquita de Lisboa...
Dá cá um abraço, ó David! 

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Mais uma bimba "bife" que se meteu em sarilhos no mundo muçulmano...


     Os britânicos gostam muito de ir passar férias às terras dos seguidores do credo do "profeta" pedófilo... não admira que acabem muitas vezes como a protagonista desta história! Um muito obrigado! ao Filho da Truta (FdT) por nos ter trazido aqui o link

«Uma mulher britânica foi detida ao chegar ao Cairo, no Egipto, com cerca de 300 comprimidos para as dores. As autoridades locais entendem que estava a fazer tráfico de medicamentos, pelo que, segundo informaram os familiares, esta enfrenta uma pena que pode variar entre 25 anos de prisão ou até a pena de morte. A família alega que esta cometeu um "erro inocente" e que os comprimidos se destinavam ao marido.

Laura Plummer, 33 anos, foi detida a 9 de Outubro e o Governo britânico já confirmou estar a dar apoio a esta mulher e à família, a quem as autoridades terão dito que esta enfrenta entre 25 anos de prisão e a pena de morte.

 A rameira traidora Plummer com o seu marido egípcio Omar.


«"É claro que ela foi muito ingénua", comentou o irmão, James Plummer, citado pelo The al-Guardian, garantindo que se tratou de "um erro inocente e honesto". "Aparentemente, é difícil arranjar certas coisas no Egipto. Então, ela levou pó de talco, gel e lâminas de barbear e esse tipo de coisas", acrescentou. Levou também centenas de comprimidos Tramadol, um dos opiáceos mais consumidos no Egipto, usado muitas vezes como substituto da heroína e que é ilegal naquele país.

Casada com um egípcio que conheceu há quatro anos, Laura costumava viajar cerca de quatro vezes por ano para estar com o marido, que alegadamente sofre de dores nas costas. Os comprimidos seriam para ele, comprados com uma receita obtida por um colega de trabalho. "Ela nem viu o que eram", garantiu o irmão.

A irmã, Rachel, disse à Sky News que os comprimidos em causa valeriam 23 libras (cerca de 26 euros). "Para mim é apenas um comprimido para as dores que já tomei para as dores de cabeça, para os egípcios é equivalente à heroína. É inacreditável", disse.

Na quinta-feira Joves, Laura terá pela frente a terceira audiência no tribunal. A família receia pela sua saúde. "Não acho que ela seja suficientemente forte para sobreviver a isto", comentou o irmão, citado pela BBC, explicando que o cabelo já lhe está a cair devido ao stresse.»

Eu pela minha parte não tenho pena nenhuma desta "bife" desgraçada. Não só escolheu um homem extra-europeu para marido, como nem sequer teve o bom senso de pensar duas vezes antes de levar medicamentos -ainda por cima opiáceos- para um país islâmico!...

______________________________________________
Outras bimbas ocidentais devidamente enriquecidas :


No Egipto: seis turistas ocidentais atacadas à facada, duas alemãs morreram
"Refugiado" paquistanês enriquece mulher branca com quem casou
Tradutora do FBI traiu o seu marido e o seu país por um terrorista do ISIS
Professora primária inglesa brutalmente assassinada no Catar
Maravilhas do Islão (XX): mais uma bimba europeia presa por ter sido violada!
Maravilhas do Islão (I): Norueguesa violada e acusada por "sexo fora do matrimónio"
Mulher inglesa conta como foi violada por um gangue de muçulmanos
Era uma vez uma universalista que queria casar com o mundo...
Maravilhas do Islão (XIII): marroquino queima viva a sua mulher
Escola islâmica proíbe raparigas de correr para não perderem virgindade
Entretanto, na Finlândia... (2)
Maravilhas do Islão (X): Irão executa jovem mulher que matou o seu violador
Mais um gangue pedófilo islâmico no Reino Unido...
Finlândia: cinco somalis perseguem e violam mulher
Mais de 1000 meninas sujeitas à mutilação genital em Portugal
Portuguesa mata-se por ter sido rejeitada por árabe
Em Mossul: ISIS ordena que todas as mulheres e meninas sejam submetidas à MGF
Adivinha quem é!...
Em França: mais uma jovem europeia violada por adeptos da "religião da paz"...
E por falar em casais mistos....

Entrevista a Stephen Willeford, o homem que enfrentou o antifa anticristão do massacre de Sutherland Springs, no Texas


     Aqui fica uma entrevista que nenhum de nós verá nos grandes mé(r)dia ocidentais, porque contraria a narrativa que eles nos querem impingir acerca do acesso às armas por parte da população civil. Ao saber de um atirador equipado com um capacete e protecção corporal, o Sr. Willeson percebeu que estava perante um assassino em massa. Sem hesitar, tirou a sua AR-15 do cofre e, nas suas próprias palavras, "um punhado de munições", ao mesmo tempo que "ouvia tiro após tiro". 

Visivelmente emocionado, ele conta-nos como tomou a decisão de enfrentar o atirador: «Eu estava a ouvir aqueles tiros e sabia que cada tiro podia representar outra pessoa a ser alvejada. E nem sequer parei para calçar os sapatos, corri logo porta fora!»

O Sr. Willeson acabou por trocar tiros contra o genocida anticristão e chegou mesmo a persegui-lo. A pergunta é inevitável: e se o Sr. Willeson não estivesse armado? E se ninguém naquela pequena localidade estivesse armado?

Lusofonia vibrante: GNR leva a cabo a emocionante "operação african car"


Um  muito obrigado! ao Filho da Truta (FdT) por nos ter trazido aqui esta notícia especialmente vibrante, bem ilustrativa dos incontáveis benefícios da ligação de Portugal às suas ex-colónias:

«A GNR deteve 17 pessoas por suspeitas de ligação a uma rede internacional de furto, desmantelamento e envio de veículos para o continente africano, a qual operava sobretudo na Grande Lisboa, anunciou esta terça-feira este Martes a GNR.

A GNR explica, em comunicado, que a denominada operação "African Car", realizada na segunda-feira Lues pelo comando territorial de Lisboa, através do destacamento de Sintra, "foi o culminar de uma investigação de sete meses, que visava a prática do crime de furto qualificado de mais de 40 veículos ligeiros de mercadorias e ligeiros mistos".


Os militares da GNR efetuaram 15 buscas domiciliárias, 16 não domiciliárias (cafés, lojas de peças, bares, oficinas, sucateiras) e cumpriram 21 mandados de busca a veículos, resultando nas 17 detenções, 14 das quais por furto qualificado, duas por permanência ilegal no território nacional e uma por posse de arma proibida.

A área de acção dos suspeitos visava toda a Grande Lisboa, sendo pontualmente alargada para distritos periféricos como Santarém e Setúbal, onde furtavam os veículos que, depois de desmantelados, vendiam as suas peças em território nacional", refere o comunicado da GNR.

Contudo, acrescenta a nota, "as partes mais valiosas, como o motor e as caixas de velocidades, eram enviadas para África, através de contentores, designadamente para Cabo Verde. O material considerado inútil ou sem valor comercial era depositado em sucateiras, para destruição, garantindo desta forma o lucro total em todas as partes dos veículos furtados".

No decurso da operação, os militares da GNR apreenderam cerca de uma centena de chaves de automóvel, 47 documentos de identificação de veículo, oito veículos ligeiros, três motociclos, centenas de documentos, seis canhões de automóveis e cinco chapas de matrícula.

Foi ainda apreendido um cartão de segurança privada, 188 doses de haxixe, 17 computadores, 42 telemóveis, 31 cartões SIM, uma caçadeira de canos serrados, uma pistola 6,35 milímetros, 18 cartuchos, uma soqueira, um aerossol de defesa, dezenas de peças auto, ferramentas e autorrádios, cinco notas falsas de 20 euros e 1.734 euros em numerário.

O comunicado indica que foram aplicadas contraordenações no valor global de 232 000 euros, oito delas por incorrecta gestão de resíduos, seis referentes a matéria de condições no trabalho, três por falta de licenciamento e uma para suspensão da actividade. A GNR conta que se registou também um crime de maus tratos a animais de companhia, "tendo sido recuperados 34 canídeos, dois dos quais de raça potencialmente perigosa, todos eles entregues ao Gabinete Médico-Veterinário Municipal de Sintra".

Os 17 detidos, a maioria com cadastro, relacionado com o mesmo tipo de crime, começaram hoje a ser presentes ao Tribunal da Comarca de Lisboa Oeste - Sintra, para primeiro interrogatório judicial e aplicação das respectivas medidas de coacção.

A operação "African Car" envolveu 320 militares e civis, contando com o apoio da Polícia de Segurança Pública, Autoridade Tributária, Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, Autoridade para as Condições do Trabalho e do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.»

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Robert Spencer denuncia o escroque Bergoglio,
provavelmente o pior papa de sempre!


      Traduzido e legendado aqui pelo vosso Afonso! A propósito, este vídeo já está desactualizado: desde que o Robert Spencer o divulgou, o Bergoglio já voltou a maldizer a "xenofobia dos europeus", esta semana, conforme se pode ler >>>aqui<<<.

Relembro novamente todos os que por aqui vão passando que o Totalitarista Universalista não é um blogue  anti-cristão, mas sim um blogue anti-cristãos islamófilos... não, nem todos os cristãos são islamófilos!



Este vídeo inclui algumas expressões com que alguns de vocês poderão não estar familiarizados:  

Da'wah: é a palavra árabe usada para designar evangelização ou proselitismo. O muçulmano que faz a daw'ah está, na prática, a fazer algo semelhante ao missionário cristão: a espalhar a palavra do seu credo e a dilatar a fé. 

Al-Azhar refere-se à designação da maior agregação do Islão sunita no Egipto, que engloba uma mesquita, a mesquita de al-Azhar, e uma universidade, a Universidade de al-Azhar. Corresponde grosso modo ao conceito de "congregação" no Cristianismo, só que em vez de um bispo tem um imã ou imame (não confundir com íman, dispositivo ferromagnético). Neste caso, trata-se da maior "congregação" do Islão sunita no Egipto.

Papa Calisto III (1378-1458) foi um dos poucos papas do clã Bórgia que é considerado pelos historiadores como justo. Acreditava fervorosamente na autoridade suprema da Santa Sé e estava preocupado com o avanço do Império Otomano no Leste da Europa. Convocou inclusivamente uma cruzada para tentar deter esse avanço, apelo que levou ao cerco de Belgrado, em 1456, na sequência de uma aliança entre húngaros, sérvios e cruzados vindos um pouco de toda a Europa (mas sobretudo recrutados entre os cidadãos de Belgrado). A aliança acabou por conseguir derrotar os turcos.

Lei Chária ou Xária é conjunto de leis ou direito islâmico. No Islão, não há separação entre o Estado e a religião, pelo que a justiça continua a ser determinada com base nos textos sagrados (mesmo que tenham vários séculos) e na opinião dos líderes religiosos. As principais fontes da Xária são o Alcorão, a Suna e a Hádice.

Jiadista Aquele que se empenha na jihad (ou jiade), um conceito islâmico algo ambíguo que tem interpretações como "esforço", "luta" ou "empenho". Os terroristas islâmicos seguem a interpretação literal do Alcorão que descreve a jihad como uma luta contra os infiéis.

___________________
Outras do anti-papa:

Sobre tudo aquilo que o escroque Bergoglio (não) disse acerca do Islão
Sobre a hipocrisia monumental do escroque Bergoglio
O escroque Bergoglio volta a exigir aos outros o que ele próprio não faz
O Papa Chico(-esperto) foi finalmente consagrado como um traidor à Europa pelos seus pares!
Papa Chico, o podólatra!
Cardeal Patriarca de Lisboa decide dar uma de Bergoglio!
Deprimente: Portugal é o país onde o papa Francisco tem mais popularidade!
Papa Chico(-esperto) volta a choramingar pelos refujiadistas
Papa Chico(-esperto): "Buááá, não tratem os imigrantes como mercadorias, buááá!!!"
Papa Chico(-esperto) pede à Europa que receba mais imigrantes
Papa Chico(-esperto) quer mais imigração para a Europa
«A Europa deve "construir uma sociedade mestiça
Bergoglio diz que Donald Trump "não é cristão" por "querer construir muros".
Ainda sobre a troca de galhardetes entre o Papa e Donald Trump
Nos EUA: personalidades católicas assinam carta aberta contra Donald Trump
O Papa Chico(-esperto) chora pelos cristãos mortos no Médio Oriente (ou não!)
Papa Chico(-esperto) diz que "há limites para a liberdade de expressão"
Mais uma cretinice por parte do Papa Chico(-esperto)
Papa Chico(-esperto) preside a cerimónia religiosa com orações hebraicas e islâmicas no Vaticano
Papa quer "intensificar diálogo com o Islão"
Igrejas da Sicília usadas como dormitórios para os iminvasores
Sobre o périplo do Bergoglio pelos EUA
O Papa Chico(-esperto) fala claro: os países ricos devem sacrificar o seu crescimento
À atenção de todos os católicos nacionalistas
Igreja Católica apela aos Portugueses para que se vistam de branco pelos imigrantes
Mais uma da Igreja Católica "tuga"...
Bergoglio pede aos padres para perdoarem o aborto

Fuzileiro trava a tiro terror em discoteca... na Alemanha? Nos EUA? Não, aqui Portugal!



    Sai mais um muito obrigado! para o Filho da Truta (FdT) por nos ter trazido aqui esta notícia que é tão patentemente paradigmática que quase não foi divulgada pelos nossos grandes mé(r)dia:

«A discoteca Dose Certa, em Setúbal, estava lotada no domingo Soles de madrugada, com 90 clientes que se divertiam entre a pista e o bar, pelas 2h00, quando dois dos três homens expulsos por desacatos – um deles cadastrado por homicídios – foram ao carro buscar armas, regressando prontos a disparar indiscriminadamente. E foi o que ainda chegaram a fazer – mas, sorte das vítimas, entre os clientes estava um militar de elite da Marinha, armado com a sua pistola Glock de 9 mm.»

A discoteca Dose Certa, o local onde tudo aconteceu...

«Primeiro, o fuzileiro conseguiu fechar as portas da discoteca evitando que os tiros atingissem os clientes. Depois, ordenou às potenciais vítimas que se deitassem no chão e mantivessem a calma – e, por último, quando os dois homens carregavam as armas, o militar aproveitou para sair do espaço e disparou para as pernas de um deles. O elemento da Marinha, com cerca de 30 anos, acabou por ser atingido com três tiros – nos braços e nas pernas – e está agora a recuperar no hospital de São Bernardo, livre de perigo.

Depois, avançou a Judiciária de Setúbal, que deteve os dois atiradores de 31 e 44 anos. Estão já em prisão preventiva. Cadastrado, altamente perigoso, um deles esteve em 2006 na cadeia. Entre o rol de crimes associados ao seu nome estão quatro homicídios - dois tentados e dois consumados –, ofensas à integridade física com arma de fogo, tráfico de droga, associação criminosa e falsificação.

No bolso das calças de um dos dois atiradores estavam 30 munições que iriam ser usadas no tiroteio, acredita a PJ, que mal recebeu o alerta avançou de imediato para o local. Foram ouvidas várias pessoas que estavam na discoteca e também o fuzileiro da Marinha.

Quanto a este, a Polícia não tem dúvidas de que agiu em legítima defesa: atingiu um dos dois atiradores numa perna para cessar o tiroteio que durou largos minutos.»

Deixo aqui um louvor e votos de rápidas melhoras ao corajoso fuzileiro, seja de que raça e credo for. Não tenho a menor dúvida que a sua actuação não só salvou vidas mas também, muito provavelmente, impediu que os criminosos levassem a cabo um autêntico massacre na discoteca, dado que um dos criminosos já tinha quatro homicídios no seu currículo.

No entanto, é impossível referir este caso sem mencionar o facto de que este é o tipo de notícias que as nossas elites mais detestam: um homem legalmente armado impediu que vários criminosos consumassem uma carnificina. Há muitos mais casos como este, um pouco por todo o mundo, mas raramente são divulgados pelos nossos mé(r)dia, precisamente por irem contra a narrativa que a superclasse nos quer impor: "as armas matam e desarmar a população evita mortes". Só que esta narrativa é falsa. Quem mata são os criminosos e, sem armas, os inocentes não terão como se defender deles!

Veja-se a diferença: no Bataclan, os terroristas islâmicos foram matando à vontade até que a polícia chegasse finalmente. Mas no recente massacre numa igreja baptista do Texas, o atirador -um antifa esquerdalhista e cristianofóbico- acabou por ser travado por um civil armado. Não há volta a dar: o desarmamento apenas favorece os criminosos e os tiranos. É o Estado que deve temer o povo, não é o povo que deve temer o Estado. Porque quando o povo teme o Estado, temos o totalitarismo. Quando o Estado teme o povo, temos a Liberdade.

____________
Ver também:

Pequenos pormenores do nosso quotidiano que mostram bem a sociedade em que vivemos...


       Hoje vi-me obrigado a almoçar na cantina de uma instituição pública onde espero nunca mais ter de voltar. Depois de terminarem a sua refeição, as pessoas iam colocando os seus tabuleiros num carrinho com várias prateleiras. Em cada prateleira, cabiam dois tabuleiros, lado a lado. Para tornar mais clara a situação, vou recorrer a uma imagem:


Reparem no seguinte: o tabuleiro mais acima no carrinho da esquerda está bem colocado, porque a pessoa que vier a seguir tem espaço para colocar o seu próprio tabuleiro sem complicações. Mas todos os outros tabuleiros estão mal colocados, porque obrigam a pessoa que vier a seguir a empurrar o tabuleiro para trás antes de poder colocar o seu próprio tabuleiro na prateleira. Qual é o problema? É que, tendo ambas as mãos ocupadas pelo seu próprio tabuleiro, a pessoa que vier a seguir vai ter de empurrar os dois tabuleiros ao mesmo tempo, usando o seu próprio tabuleiro para empurrar o tabuleiro que já se encontra no carrinho... não admira que, de vez em quando, haja louça a ir parar ao chão, como eu vi acontecer hoje a uma senhora.

Isto pode parecer uma insignificância, mas tem mais interesse, do ponto de vista sociológico, do que parece à primeira vista. É que hoje, ao observar a procissão de pessoas que iam colocando os seus tabuleiros nos carrinhos, eu reparei num pormenor curioso: todas as pessoas, sem excepção, colocavam mal o seu tabuleiro na prateleira, i.e. colocavam-no de forma a que a pessoa que viesse a seguir tivesse que empurrar não apenas o seu tabuleiro, mas também o tabuleiro da pessoa que a tinha precedido! 

Ora, muitas dessas pessoas almoçam e jantam naquela cantina todos os dias ou, pelo menos, várias vezes por semana. Não é possível que não se tenham deparado com este problema antes, porque elas próprias já tiveram garantidamente de empurrar dois tabuleiros ao mesmo tempo... então, porque é que as pessoas continuam a colocar os tabuleiros da pior forma possível? Hipóteses:
  1. Não se importam de dificultar a vida aos outros (e a elas próprias);
  2. Fazem questão de dificultar a vida aos outros (e a elas próprias);
  3. Estão apostadas em que se parta uma peça de loiça de vez em quando;
  4. Estão apostadas em vingar-se do mundo desta forma mesquinha e passivo-agressiva.
Há muitos outros exemplos deste género na nossa sociedade. Quantos de nós é que já estivémos na situação de ir a conduzir alegremente o nosso automóvel numa rua ou avenida com semáforos e, quando o sinal passa a verde, o caramelo da frente demora uma eternidade a arrancar para nos obrigar a parar? Ou o contrário, abranda quando o sinal está amarelo para que fique vermelho quando nós lá chegarmos (mas ele consegue passar)?...

A sociedade "tuga" parece estar cheia de gente mal resolvida cuja única alegria na vida consiste em fazer perder tempo aos outros. É realmente uma pena que não canalizem toda essa frustração para tarefas e propósitos mais úteis... como a responsabilização da classe pulhítica abrilina, por exemplo. Enfim, suponho que não se possa pedir aos rafeiros que encarem os lobos. Essa tarefa está reservada aios cães de maior porte, que não se limitam a ladrar de longe...